Jovens Autores de Atos Infracionais em Juiz de Fora (2006–2009): Considerações sobre os Atos e a Cidade

  • Anete Negreiros
  • Maria Aparecida Cassab
  • Carolina Morais
  • Regiane Severiano
Palavras-chave: Jovens, atos infracionais, políticas públicas

Resumo

Este artigo apresenta resultados de uma pesquisa realizada a partir dos autos de representação do Ministério Público do Juizado da Infância e Juventude de Juiz de Fora. Tem por objetivo traçar o perfil dos adolescentes que foram autuados, entre os anos de 2009 a 2006, pelo Ministério Público por cometerem atos infracionais, além de mensurar suas condições de vida e as circunstancias dos atos. Os dados pesquisados dão sustentação para um debate sobre a construção de políticas públicas voltadas a esses adolescentes, além de avaliar a eficácia das políticas que já estão sendo implementadas. Para subsidiar a pesquisa foi elaborado e aplicado um questionário que abordava a descrição do ato, motivação do ato, local de ocorrência, horário, se o jovem se encontrava sozinho ou em grupo. Por fim, foram feitas analises baseadas nas freqüências das variáveis e seus cruzamentos.

Biografia do Autor

Anete Negreiros
Aluna bolsista em Serviço Social da UFJF.
Maria Aparecida Cassab
Mestre em Serviço Social pela UFRJ, Doutora em Psicologia pela PUC-RJ e professora da Faculdade de Serviço Social da UFJF.
Carolina Morais
Aluna bolsista em Serviço Social da UFJF.
Regiane Severiano
Aluna bolsista em Serviço Social da UFJF.
Publicado
2011-09-17