Uso etnomedicinal do chá de Morus nigra L. no tratamento dos sintomas do climatério de mulheres de Muriaé, Minas Gerais, Brasil

  • Mariza Abreu Miranda
  • Glauciemar Del-Vechio Vieira Universidade Federal de Juiz de Fora
  • Maria Silvana Alves Universidade Federal de Juiz de Fora
  • Célia Hitomi Yamamoto Universidade Federal de Juiz de Fora
  • José de Jesus Ribeiro Gomes de Pinho Universidade Federal de Juiz de Fora
  • Orlando Vieira de Sousa Universidade Federal de Juiz de Fora
Palavras-chave: Morus nigra, Uso Etnomedicinal, Climatério,

Resumo

Morus nigra L. (Moraceae), conhecida como amoreira, é usada popularmente, entre outros fins medicinais, para reposição hormonal. O objetivo do presente estudo foi avaliar o uso do chá de M. nigra no tratamento dos sintomas do climatério. A pesquisa se baseou na aplicação de um questionário semi-estruturado em mulheres residentes em Muriaé, Minas Gerais, que utilizavam chá de amoreiras. A análise quantitativa foi determinada pela concordância de uso popular corrigida (CUPc). As características das mulheres entrevistadas foram: faixa etária de 32 a 61 anos, 50% donas de casa, 80% católicas, 40% com ensino fundamental incompleto e 50% haviam tido menopausa. Além de outros fins medicinais, 90% das mulheres usavam o chá de amoreira para amenizar sintomas do climatério, resultando em uma CUPc de 90%. As amigas (60%) e os médicos (20%) foram as principais fontes de recomendação do uso do chá nas formas de infusão (70%) ou de decocção (30%), com variação de dosagem e de aprazamento. Gases, aumento do apetite e diurese foram os efeitos adversos relatados, sendo que 40% das mulheres já tinham feito terapia hormonal para alívio dos sintomas do climatério. Os resultados confirmam a utilização do chá de M. nigra no tratamento de sintomas do climatério, apresentando um alto consenso de informação.

Biografia do Autor

Glauciemar Del-Vechio Vieira, Universidade Federal de Juiz de Fora

Departamento Farmacêutico

Faculdade de Farmácia e Bioquímica

Maria Silvana Alves, Universidade Federal de Juiz de Fora

Departamento de Análises Clínicas

Faculdade de Farmácia e Bioquímica

Célia Hitomi Yamamoto, Universidade Federal de Juiz de Fora

Departamento Farmacêutico

Faculdade de Farmácia e Bioquímica

José de Jesus Ribeiro Gomes de Pinho, Universidade Federal de Juiz de Fora

Departamento Farmacêutico

Faculdade de Farmácia e Bioquímica

Orlando Vieira de Sousa, Universidade Federal de Juiz de Fora

Departamento Farmacêutico

Faculdade de Farmácia e Bioquímica

Publicado
2010-07-28
Como Citar
Miranda, M. A., Vieira, G. D.-V., Alves, M. S., Yamamoto, C. H., Pinho, J. de J. R. G. de, & Sousa, O. V. de. (2010). Uso etnomedicinal do chá de Morus nigra L. no tratamento dos sintomas do climatério de mulheres de Muriaé, Minas Gerais, Brasil. HU Revista, 36(1). Recuperado de https://periodicos.ufjf.br/index.php/hurevista/article/view/817
Seção
Artigos Originais

Artigos mais lidos pelo mesmo (s) autor (es)