Determinação do fator de proteção solar (in vitro) de produtos magistrais na forma de gel: Avaliação dos aspectos sensoriais e físico-químicos

Autores

  • José de Jesus Ribeiro Gomes de Pinho UFJF - Faculdade de Farmácia

Palavras-chave:

Filtro solar hidrossolúvel. FPS obtido. FPS rotulado. pH, Gel

Resumo

A exposição ao sol pode resultar em muitos benefícios para as pessoas como a saúde física e mental, a síntese de vitamina D, o tratamento de icterícia, entre outros. No entanto, também pode causar danos à pele pela exposição excessiva. Os filtros solares são produtos concebidos para absorver os raios ultravioleta A e B. Para avaliar o desempenho destes foram adquiridos em farmácias magistrais cinco produtos (amostras 1, 2 e 3), filtros solares solúveis em água contendo (ácido 2 - fenilbenzimidazol - 5 - sulfónico) e submetidos a ensaios físico-químicos. A análise dos dados revelou que nenhum dos produtos e respectivas amostras (1, 2 e 3) mostrou um valor de pH dentro das especificações (7,2-7,5) necessário para a solubilização completa do filtro solar. O tempo de escoamento relacionado com a viscosidade dos géis mostrou que apenas as amostras do produto D exibiram valores muito semelhantes, ao passo que as amostras da farmácia C apresentaram maiores diferenças. As amostras que correspondem às outras farmácias também mostraram mudanças suaves, contudo, quando aplicado sobre a placa de vidro, não houve percepção visível. Considerando-se o Factor de Proteção Solar (FPS), nas amostras estudadas os FPS encontrados "in vitro" pelo método Mansur (1986b) e modificado por (Renata, 2004), apresentaram valores bem abaixo do FPS rotulado, especialmente produtos C e E não mostraram nenhuma característica do espectro de absorção, indicando a ausência de protetor solar hidrossolúvel.

Biografia do Autor

José de Jesus Ribeiro Gomes de Pinho, UFJF - Faculdade de Farmácia

Departamento de Ciências Farmaceuticas

Dermocosméticos

Downloads

Publicado

2015-08-20

Como Citar

1.
Pinho J de JRG de. Determinação do fator de proteção solar (in vitro) de produtos magistrais na forma de gel: Avaliação dos aspectos sensoriais e físico-químicos. hu rev [Internet]. 20º de agosto de 2015 [citado 11º de abril de 2021];40(1 e 2). Disponível em: https://periodicos.ufjf.br/index.php/hurevista/article/view/2414

Edição

Seção

Artigos Originais

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)