Atividade antibacteriana frente ao Streptococcus mutans e estabilidade de produtos naturais contendo extrato de Mikania glomerata Sprengel

Autores

  • Denise Heleno de Souza Faculdade de Farmácia e Bioquímica - UFJF
  • Célia Hiatomi Yamamoto Faculdade de Farmácia e Bioquímica - UFJF
  • Jose de Jesus Gomes Pinho Faculdade de Farmácia e Bioquímica - UFJF
  • Maria Silvana Alves
  • Aílson da Luz André de Araújo
  • Orlando Vieira de Sousa

Resumo

Mikania glomerata Sprengel (Asteraceae), conhecida como guaco, é usada popularmente como broncodilatador, antiasmático e expectorante, cujos efeitos são atribuídos à presença de cumarinas. O presente estudo avaliou o efeito de extratos e formulações (soluções antissépticas e xaropes) contendo guaco, com ou sem própolis, sobre o crescimento de S. mutans e a estabilidade das soluções anti-sépticas. A atividade antibacteriana dos extratos e formulações sobre S. mutans ATCC 25175 foi realizada pelo método de difusão em ágar e, posteriormente, através da aplicação desse mesmo procedimento, determinou-se a estabilidade das soluções anti-sépticas submetidas à temperatura ambiente e sob refrigeração (8ºC - 10ºC), mensalmente, por um período de três meses. Os extratos de guaco e de própolis e as soluções anti-sépticas inibiram o crescimento de S. mutans. No primeiro mês, com exceção da solução anti-séptica com guaco 5%, todas as demais inibiram o crescimento do microrganismo testado. No segundo mês, somente as soluções anti-sépticas contendo própolis produziram inibição bacteriana. Após três meses de armazenamento, as soluções contendo própolis, em temperatura ambiente, foram ativas e estáveis. Os resultados mostram que formulações contendo guaco, com ou sem própolis, foram ativas sobre S. mutans, mas podem perder a estabilidade em decorrência da temperatura. No entanto, estes achados demonstram que os produtos naturais podem ser uma alternativa importante no combate à formação da cárie e placa dentária.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2007-11-27

Como Citar

1.
Souza DH de, Yamamoto CH, Pinho J de JG, Alves MS, Araújo A da LA de, Sousa OV de. Atividade antibacteriana frente ao Streptococcus mutans e estabilidade de produtos naturais contendo extrato de Mikania glomerata Sprengel. hu rev [Internet]. 27º de novembro de 2007 [citado 19º de agosto de 2022];32(1):11-4. Disponível em: https://periodicos.ufjf.br/index.php/hurevista/article/view/5

Edição

Seção

Artigos Originais

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)