Acantocitúria no diagnóstico das hematúrias da nefropatia diabética, nefropatia hipertensiva e glomerulonefrites

Autores

  • Luiz Carlos Ferreira de Andrade NIEPEN - Universidade Federal de Juiz de Fora
  • Eduardo Carvalho Siqueira Universidade Federal de Juiz de Fora
  • Rodrigo Coelho Oliveira
  • Marcus Gomes Bastos Universidade Federal de Juiz de Fora - NIEPEN

Resumo

A presença de hematúria em pacientes diabéticos ou hipertensos sugere outra glomerulonefrite (GN) que não nefropatia diabética (ND) e nefropatia hipertensiva (NH respectivamente. A biópsia renal seria indicada e realizada. A urinálise por microscopia de fase (MCF) permite diferençar a hematúria glomerular, definida como acantocitúria >5%, da hematúria não glomerular. Os autores admitiram a hipótese de que a acantocitúria é um achado raro na ND e NH, a qual sugere a presença de outra doença glomerular. Amostras de urina de 102 pacientes com o diagnóstico clínico de ND (n=18) e de NH (n-16), de pacientes com glomerulonefrite (n=25), comprovada por biópsia renal, e de um grupo controle (n=43) foram examinadas por MCF, buscando a presença de hematúria e acantocitúria. A hematúria glomerular foi prevalente na ND, NH e GN em relação ao grupo controle (p<0,05). Contudo, a acantocitúria >5 prevaleceu em somente 48% das GNs (p< 0,05).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2007-11-27

Como Citar

1.
Andrade LCF de, Siqueira EC, Oliveira RC, Bastos MG. Acantocitúria no diagnóstico das hematúrias da nefropatia diabética, nefropatia hipertensiva e glomerulonefrites. hu rev [Internet]. 27º de novembro de 2007 [citado 19º de agosto de 2022];32(1):7-10. Disponível em: https://periodicos.ufjf.br/index.php/hurevista/article/view/4

Edição

Seção

Artigos Originais

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

Artigos Semelhantes

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.