Avaliação escolar em tempos de pandemia: possibilidades e incontingências

Autores

  • Natália Luczkiewicz da Silva Universidade Estadual de Alagoas

Palavras-chave:

Aprendizagem;, Prática docente;, Aulas remotas;

Resumo

O presente trabalho tem como objetivo verificar como os professores de Língua Portuguesa estão realizando o processo avaliativo de seus alunos, nesse cenário de aulas remotas, ocasionadas em decorrência da pandemia da COVID-19. A pesquisa é de cunho qualitativo, cujo principal instrumento de coleta de dados foi o questionário elaborado pelas pesquisadoras. O corpus da pesquisa é composto pela resposta de um questionário composto por treze perguntas que se dividem em objetivas e subjetivas, aplicadas a três professoras, de Língua Portuguesa, que atuam na rede pública de ensino básico, na cidade de Bom Conselho – Pernambuco. Os aportes teóricos utilizados foram Bortoni-Ricardo (2008), Sant´anna (2014), Sordi e Ludke (2009), Luckesi (2005), entre outros. A partir da análise dos dados, observamos que as três professoras que participaram da pesquisa mostraram-se preocupadas em como avaliar os seus alunos de modo que não os prejudicassem. Observamos, pois, que mesmo diante de todos os desafios enfrentados pelas professoras e pelos alunos, as docentes mostraram-se satisfeitas em relação a sua forma de atuação e ao aproveitamento estudantil, conscientes de que a avaliação se dá através de um processo contínuo, não apenas como forma de medir o conhecimento de outrem.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2022-09-02

Edição

Seção

Artigos