Georreferenciamento dos imóveis com foco positivo do mosquito Aedes aegypti no município de Sobral (CE)

  • Ismael Brioso Bastos Universidade Estadual Vale do Acaraú
  • Ana Karoline Barros BEZERRA Universidade Estadual Vale do Acaraú
  • Jamylle Lucas DINIZ Universidade Estadual Vale do Acaraú
  • Maristela Inês Osawa Vasconcelos Universidade Estadual Vale do Acaraú
  • Izabelle Mont'Alverne Napoleão Albuquerque
  • Marcos Aguiar Ribeiro Universidade Estadual Vale do Acaraú
Palavras-chave: Saúde Pública, Aedes, Sistemas de Informação Geográfica.

Resumo

Este estudo tem como objetivo analisar a distribuição espacial dos imóveis com foco positivo do mosquito Aedes aegypti no território da Estratégia de Saúde da Família (ESF) do município de Sobral, no Ceará. Foi realizada abordagem quantitativa, epidemiológico-ecológica de referência temporal-transversal. O campo de investigação deste estudo correspondeu ao recorte de um território de Saúde da Família da sede do município de Sobral. A coleta de dados ocorreu mediante fontes documentais a partir dos registros de visitas domiciliares dos agentes de combate às endemias, que foram sistematizadas através de tabulações e mapeamento no software EpiInfo™. No período de julho de 2016, foram notificados 183 imóveis positivos para Aedes aegypti em um bairro que compõe a sede do município de Sobral. Foram detectados focos positivos em residências, terrenos baldios e outros tipos de imóveis distribuídos na área abrangente pelo território. Notou-se a que a predominância de focos do Aedes aegypti se deu nos imóveis de caráter residencial, sendo o maior percentual em tambor, balde, tanque, filtro, pote ou bacias. Verificou-se a necessidade de incorporar novas tecnologias para o monitoramento dos focos positivos a partir de técnicas de análise espacial de georreferenciamento, utilizando-se técnicas computacionais em conjunto, as quais manipulam as informações obtidas no território estudado, permitindo o diagnóstico da situação de saúde com a identificação e a priorização dos problemas de saúde das famílias residentes em sua área de abrangência e a resolubilidade da assistência prestada.

Biografia do Autor

Ismael Brioso Bastos, Universidade Estadual Vale do Acaraú
Discente do Curso de Graduação em Enfermagem pela Universidade Estadual Vale do Acaraú - UVA. Membro do Grupo de Estudos em Cuidados de Enfermagem na Saúde do Adulto - GECESA.
Publicado
2020-06-16
Seção
Artigos Originais