Multiplicidades-ciborgue, reabilitações e reflexões sobre o corpo: uma conversa entre dois cientistas

  • Marco Antonio Gavério Doutorando em Sociologia pela UFSCar
  • Gil Vicente Nagai Lourenção Departamento de Política Científica e Tecnológica - Unicamp

Resumo

Esse texto é um experimento em que buscamos relatar os respectivos campos teóricos e algumas noções etnográficas decorrentes das nossas pesquisas sociais em torno de práticas tecno científicas. Dessa forma tencionamos apresentar algumas descrições de nossos ambientes de pesquisas visando explorar possíveis aproximações e distanciamentos. As aproximações se dão justamente nas discussões a respeito do corpo, algumas práticas de ciência vistas pelos dois pesquisadores e na noção de reabilitação física. Os distanciamentos, se existem, devem-se propriamente às diferenças de abordagens e às particularidades dos nossos campos de pesquisa. Logo, apontaremos para uma discussão sobre o corpo através de algumas práticas científicas observadas e notaremos alguns elementos a respeito dos estudos sobre a ciência da reabilitação corporal. Para tanto faremos uma pequena revisão sobre cibernética e ciborgues e entraremos na problemática do corpo, ciências, e na reabilitação física como modo de exemplificar uma pesquisa em andamento que articula esses próprios elementos ao longo do texto.

Biografia do Autor

Marco Antonio Gavério, Doutorando em Sociologia pela UFSCar

É Cientista Social pela UFSCar, mestre e doutorando pela pós-graduação em sociologia da mesma universidade. É membro do grupo de pesquisa SEXent – Sexualidade, corpo e entretenimento -, organizado pelo professor Jorge Leite Júnior. Lattes: http://lattes.cnpq.br/9891680002272215. O Autor informa que sua pesquisa de doutorado é financiada pela CAPES, através do processo: 88882.330899/2015-01, agradece fundamentalmente à essa Coordenação pelo financiamento. O autor também informa que a investigação está registrada na plataforma Brasil e segue todos os preceitos éticos exigidos pelo Sistema CEP-CONEP de Ética em Pesquisa. A pesquisa está sobre o processo: CAAE: 80454517.0.0000.5504 

Gil Vicente Nagai Lourenção, Departamento de Política Científica e Tecnológica - Unicamp

Gil Vicente Nagai Lourenção- Julho de 2019

Pesquisador Pós Doutor - Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo-FAPESP

Possuo graduação em Ciências Sociais pela Universidade Federal de São Carlos (2005), mestrado em Antropologia Social pela Universidade Federal de São Carlos (2009), Doutoramento pela mesma universidade [2016], três anos de pesquisa na Universidade de Tsukuba – Japão e desenvolvendo pesquisa de Pós Doutorado em um projeto conjunto de autoria própria entre o Departamento de História e Antropologia da Faculdade de Humanidades e Ciências Sociais da Universidade de Tsukuba, no Japão, e pelo Instituto de Geociências do Departamento de Política Científica e Tecnológica da Unicamp.

Tenho experiência na área de Antropologia Social, atuando principalmente nos seguintes temas e áreas de interesse: Politica científica e tecnológica, Estudos Sociais da Ciência, Tecnologia e Energia, Filosofia Corporal Japonesa, Antropologia do e no Japão, Artes Marciais Japonesas, Construção e fragmentação do Corpo, Personitude, Teoria ciborgue, interfaces humano-máquina. Escrevi dois livros acadêmicos e uma série de artigos sobre caminhos marciais japoneses, imigração e emigração Japonesa e Nipo-brasileira, Transnacionalismo e Transculturalismo, Migrações Internacionais e Japonesidades. Filiado às seguintes associações: Society for Social Studies of Science-4S, GEICT- Grupo de Estudos Interdisciplinares em Ciência e Tecnologia, Budo Kenkyukai – Grupo de Estudos em Budo e Caminhos Marciais Japoneses, ABEJ - Associação Brasileira de Estudos Japoneses; Fundação Japão - Estudos Japoneses; Laboratório de Estudos migratórios- LEM-UFSCar; UFSCar; ABA – Associação Brasileira de Antropologia; ABMON – Associação de Bolsistas do Governo Japonês 「文部科学省」; Academia Japonesa de Budō –日本武道学会, JASCA - Associação Japonesa de Antropologia Cultural.

Publicado
2020-04-15