Saber sobre pássaros, saber com pássaros: introdução a um estudo sobre formas de interação e modos de conhecimento na experiência de pessoas guarani

Resumo

Este artigo focaliza relações entre humanos e aves no contexto de três aldeias guarani: Araponga e Parati-Mirim, no Rio de Janeiro; e, Nova Jacundá, no Pará. Ele é uma introdução às diversas formas de interação com aves aí presentes, e, de modo particular, inicia uma abordagem do engajamento das pessoas guarani com cantos (vocalizações) de pássaros e a produção de conhecimento a partir de sua escuta. O artigo sugere que, para além de saberes sobre pássaros resultantes da observação minuciosa das espécies nos ambientes que habitam, na relação com os cantos realiza-se um saber-com-pássaros que põe em conexão manifestações sonoras, ambiência e o curso da vida humana. Este modo de conhecer na escuta de pássaros atualiza-se propriamente como saber para a vida das pessoas guarani.

Biografia do Autor

Elizabeth de Paula Pissolato, Universidade Federal de Juiz de Fora
Professora de Antropologia no Departamento de Ciências Sociais e no Programa de Pòs-Graduação em Ciências Sociais da UFJF
Rafael Fernandes Mendes Júnior, xxx
oi
Publicado
2017-02-21