Entre a racional e o justo: desafios contemporâneos das políticas de imigração

  • Marcelo Pereira Mello Universidade Federal Fluminense Program de Pós-Graduação em Sociologia e Direito

Resumo

Este artigo propõe identificar as raízes históricas do fenômeno contemporâneo da imigração e suas razões. Procura entender os motivos dos insucessos e dos fracassos das políticas migratórias patrocinadas por instituições internacionais contrastando-as com o progresso das trocas econômicas e comerciais para o mesmo período considerado. Seu objetivo prático é colaborar com a elaboração de políticas nacionais e, especialmente internacionais, que assegurem aos imigrantes e seus familiares acesso não apenas ao trabalho, mas aos amplos direitos de cidadania das sociedades para as quais emigram. Para tanto procura discutir as bases valorativas das políticas de imigração ressaltando o descompasso entre as distintas racionalidades postas em confronto na relação dos países ocidentais desenvolvidos, aqueles que mais recebem imigrantes, com as demais países fornecedores líquidos de imigrantes. Utiliza os conceitos de justiça como lealdade ampliada de Richard Rorty e da ação comunicativa de Jurgen Habermas para mostrar pontes possíveis no diálogo intersocietal.

Biografia do Autor

Marcelo Pereira Mello, Universidade Federal Fluminense Program de Pós-Graduação em Sociologia e Direito

Professor Associado do Departamento de Sociologia da Universidade Federal Fluminense e do Programa de Pós-
Graduação em Sociologia e Direito da UFF

Publicado
2015-12-16