Aproximações analíticas das trajetórias de políticas de educação e saúde no Brasil, Argentina e Chile (1980-2000)

  • Cristiane Kerches Silva Leite Universidade de São Paulo
  • Ursula Dias Peres Universidade de São Paulo

Resumo

O texto discute a trajetória das políticas públicas de educação e saúde adotadas em três contextos nacionais
distintos, a partir dos estudos de caso de Argentina, Brasil e Chile, entre as décadas de 1980 e 2000. O pano
de fundo analítico são as diretrizes difundidas pelas organizações multilaterais, em um contexto regional de
reformas econômicas voltadas para o mercado e as reformas políticas voltadas à democracia e suas variadas
adaptações a cada realidade, levando-se em conta as relações entre os níveis de governo e a configuração dos
interesses organizados e suas relações com o Estado.

Biografia do Autor

Cristiane Kerches Silva Leite, Universidade de São Paulo

Graduada em Economia pela FEA/USP, mestre e doutora em Ciência Política pela FFLCH/USP, é professora do curso
de Gestão de Políticas Públicas e do Programa de Pós Graduação em Gestão de Políticas Públicas da EACH/USP. É
autora do livro: Processo Decisório no Brasil: o caso da Lei de Responsabilidade Fiscal. São Paulo, Ed. Hucitec, 2011.

 

Ursula Dias Peres, Universidade de São Paulo
Graduada em Administração Pública pela EAESP/FGV, mestre e doutora em Economia pela EAESP/FGV, é Professora
do Curso de Gestão de Políticas Públicas e dos Programas de Pós Graduação em Mudança Social e Participação Política e em Gestão de Políticas Públicas da EACH/USP.

Publicado
2015-05-29