Democracia Deliberativa: As Dificuldades Do Exercício E Da Participação Feminina

  • Astrid Sarmento Cosac Universidade Federal de Juiz de Fora Instituto de Ciências Humanas Departamento de Ciências Sociais

Resumo

Este artigo tem como objetivo fomentar a discussão sobre a participação e representação nos conselhos deliberativos,
seus limites, e a condição da atuação da mulher nestes espaços. Além da tentativa de elucidar
alguns conceitos, argumentos e reflexões sobre representatividade política, interação face a face destacando
o papel da mulher nestes espaços. A pesquisa ocorreu no Conselho Municipal de Saúde de Juiz de Fora em
Minas Gerais. As estratégias utilizadas foram a realização de algumas entrevistas, análise da ata da plenária e
filmagem da sessão realizada no conselho no ano de 2010. Os dados levantados são interpretados com base
na literatura sobre o tema da deliberação e da participação feminina em instâncias decisórias. Com destaque
para as interações sociais a partir dos discursos dos atores e dos grupos que se formam dentro do conselho.
Após apresentar alguns pontos negativos sobre a democracia deliberativa e alguns limites da efetividade da
participação, destaca-se como a presença feminina se manifesta neste cenário.

Publicado
2015-05-07