Une ethnographie des expériences artistiques sur la plage de Copacabana (Rio de Janeiro)

  • Caterine Reginensi

Resumo

Este trabalho de etnografia urbana busca analisar as formas pelas quais diferentes atores se apropriam da praia como um campo de possibilidades. Como espaço de práticas formais e informais, a praia de Copacabana abriga diversidade de prestadores de serviços, dentre os quais os artistas, que negociam o seu lugar e tentam ganhar legitimidade neste espaço. Procuro destacar a dimensão sensível das práticas comerciais na economia da praia que envolve turistas, moradores, artistas e vendedores ambulantes focalizando o significado dessas experiências artísticas como um processo sociocultural que esta se desenvolvendo nesse espaço público.
Publicado
2014-01-23