O ensino de português como língua adicional em escolas da Coreia do Sul: considerações sobre aspectos teóricos e práticos no planejamento e no uso de material didático

Autores

  • Alexandre Ferreira Martins Universidade Hankuk de Estudos Estrangeiros
  • Sora Lim Universidade Hankuk de Estudos Estrangeiros https://orcid.org/0009-0009-5383-183X

Palavras-chave:

Português como Língua Adicional , Leitorado Guimarães Rosa, Promoção da Educação em Línguas Estrangeiras Críticas, Uso da linguagem, Interação na sala de aula

Resumo

Este trabalho discute a influência da perspectiva discursiva que toma como base o pensamento do Círculo de Bakhtin (Bakhtine/Volochinov, 1977; Bakhtine, 1984), para o uso de um material didático e o desenvolvimento de atividades e tarefas (Schlatter, 2009) de português como língua adicional (PLA) em escolas da Coreia do Sul. O texto enfoca a atuação do Leitorado Guimarães Rosa na Universidade Hankuk de Estudos Estrangeiros e iniciativas do Promoção de Educação em Línguas Estrangeiras Críticas para o ensino de português em escolas de educação básica sul-coreanas, especialmente no Ensino Médio. São apresentados o projeto, o contexto de atuação, perfil dos alunos, planejamento e material didático utilizado. A metodologia consiste na análise interpretativa dos aspectos teórico-metodológicos do manual utilizado pelo programa coreano, com vias a demonstrar subsequentemente a sua aplicação conciliada à perspectiva discursiva bakhtinana de ensino de PLA. Esta última perspectiva contribui para aplicar a noção de uso da linguagem (YE, 2009; PILEGGI, 2015; BRASIL, 2020) por meio de gêneros do discurso em sala de aula, considerando a conscientização dos aspectos interlocucionais subjacentes à reflexão do Círculo de Bakhtin, de modo a proporcionar um aprendizado mais consciente dos usos sociais da língua portuguesa.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ALMEIDA, L. C. B. de. Efeito retroativo do Celpe-Bras no processo de ensino/aprendizagem do português: um estudo qualitativo. In: Revista do GEL, v. 17, n. 3, 2020.

BAKHTINE, M. Esthétique de la création verbale (Traduzido do russo por Alfreda Aucouturier). Paris: Editions Gallimard, 1984.

BAKHTINE, M.; VOLOCHINOV, V. N. Marxisme et philosophie du langage: essai d’application de la méthode sociologique en linguistique. Paris: Les Éditions de Minuit, 1977.

BRASIL. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Anísio Teixeira. Documento base do exame Celpe-Bras [recurso eletrônico]. – Brasília: Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, 2020.

CUNHA LIMA, M. L. et al. Conversando em Português: Básico 1 – A1. Seul: Dahae, 2021.

CUNHA LIMA, M. L. et al. Conversando em Português: Básico 2 – A2. Seul: Dahae, 2022.

CUNHA LIMA, M. L. et al. Conversando em Português: Intermediário 1 – B1. Seul: Dahae, 2019.

CUNHA LIMA, M. L. et al. Conversando em Português: Intermediário 2 – B2. Seul: Dahae, 2020.

CUNHA LIMA, M. L. Ten Thousand Miles Away: teaching distant languages and the role of grammar. In: EU연구, vol. [número do volume], no. 59, 2021.

DORIGON, T. O Celpe-Bras como Instrumento de Política Linguística: um Mediador entre Propósitos e Materializações. 128f. Dissertação (Mestrado em Linguística Aplicada). Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2016.

FARACO, C. A. Linguagem e Diálogo : as ideias do Círculo de Bakhtin. São Paulo : Parábola Editorial, 2009.

GILMORE, A. A comparison of textbook and authentic interactions. ELT Journal Volume 58, 4. p. 363-374, Outubro, 2004.

GROSJEAN, F. Life with Two Languages. An Introduction to Bilingualism. Cambridge, Mass.: Harvard University Press, 1982.

LEE, S.; LIM, S. Português: material didático padronizado – B1 (포르투갈어 표준 교재 B1). Seul: GNP EDU, 2021.

LIM, S. Curriculares padrões para o ensino de português – A1; A2; B1; B2; C1; C2. Promoção da Educação em Línguas Estrangeiras Críticas (CFL), 2022.

LIM, S. Português 1: ABC! Aprenda a escrever o alfabeto (Português 1: 차근차근! 포르투갈어 알파벳 익히기). Revisado por Alexandre Ferreira Martins. Seul: Universidade Hankuk de Estudos Estrangeiros, 2023.

LIM, S. Português 2: Português como língua estrangeira para juniores – Pre-A1 (Português 2: 주니어 포르투갈어 입문). Revisado por Alexandre Ferreira Martins. Seul: Universidade Hankuk de Estudos Estrangeiros, 2023.

LIM, S.; LEE, S. Português: material didático padronizado – A1 (포르투갈어 표준 교재 A1). Seul: HU:INE, 2019.

LIM, S.; LEE, S. Português: material didático padronizado – A2 (포르투갈어 표준 교재 A2). Seul: HU:INE, 2020.

LIM, S.; LEE, S.; MARTINS, A. F. Português: material didático padronizado – B2 (포르투갈어 표준 교재 B2). Seul: GNP EDU, 2022.

LOPEZ, A. P. A.; MELLO, A. P. R. de; SANTOS, C. S. Efeitos retroativos do Celpe-Bras em unidade didática de Português Língua Adicional pela ótica dos Multiletramentos. Entrepalavras, Fortaleza, v. 9, n. 3, p. 403-420, set-dez/2019.

MAREVA, R.; NYOTA, S. Structural or Communicative Approach? A case Study of English Language Teaching in Masvingo Urban and Peri-urban Secondary Schools. In: International Journal of English and Literature, v. 3, n. 5, p. 103-111, 2012.

MARTINS, A; YONAHA, T. O Celpe-Bras como marco epistemológico na área de Português como Língua Adicional: abertura a uma perspectiva discursiva/dialógica de autoria brasileira. ROCHA, N.; GILENO, R. (org.). Português Língua Estrangeira e suas interfaces. Campinas (SP): Pontes Editores, 2021, p. 43-65.

MARTINS, A. F. A la recherche d'un lieu épistémologique brésilien en Portugais Langue Additionnelle: regards croisés sur les discours étatiques et académiques dans une perspective décoloniale 665f. Tese (Doutorado em Ciências da Linguagem). Université Paul-Valéry Montpellier 3, 2022.

NAGASAWA, E. Y.; DIVINO, L. S.; SCHOFFEN, J. R. Relatos dos usuários sobre as contribuições do Acervo Celpe-Bras para a promoção da língua portuguesa. Revista de Letras JUÇARA, Caxias – Maranhão, v. 03, n. 02, p. 239-161, 2019.

NAGASAWA, E. Y.; SCHOFFEN, J. R. Material didático com base na perspectiva dialética da linguagem: uma proposta para preparação ao exame Celpe-Bras. LING. – Est. e Pesq., Catalão-GO, vol. 21, n. 2, p. 151-166, 2017.

SCHLATTER, M. O ensino de leitura em língua estrangeira na escola: uma proposta de letramento Calidoscópio, vol. 7, núm. 1, janeiro-abril, p. 11-23, 2009.

SCHOFFEN, J. R.; MARTINS, A. F. Políticas linguísticas e definição de parâmetros para o ensino de português como língua adicional: perspectivas portuguesa e brasileira. ReVEL, 2016, 14(26), 271-306.

YE, L. A preparação de candidatos chineses para o Exame Celpe-Bras: aprendendo o que significa "uso da linguagem". 131f. Dissertação (Mestrado em Linguística Aplicada). Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Letras. Programa de Pós-Graduação em Letras, Porto Alegre, 2009.

Downloads

Publicado

2023-12-18