O cadastro no sistema e posterior acesso, por meio de login e senha, são obrigatórios para a submissão de trabalhos, bem como para acompanhar o processo editorial em curso. Acesso em uma conta existente ou Registrar uma nova conta.

Condições para submissão

Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos autores.
  • A contribuição é original e inédita, e não está sendo avaliada para publicação por outra revista; caso contrário, deve-se justificar em "Comentários ao editor".
  • O arquivo da submissão está em formato Microsoft Word, OpenOffice ou RTF.
  • URLs para as referências foram informadas quando possível.
  • O texto está em espaço simples; usa uma fonte de 12-pontos; emprega itálico em vez de sublinhado (exceto em endereços URL); as figuras e tabelas estão inseridas no texto, não no final do documento na forma de anexos.
  • O texto segue os padrões de estilo e requisitos bibliográficos descritos em Diretrizes para Autores, na página Sobre a Revista.
  • Em caso de submissão a uma seção com avaliação pelos pares (ex.: artigos), as instruções disponíveis em Assegurando a avaliação pelos pares cega foram seguidas.

Diretrizes para Autores

IMPORTANTE: Informamos que não serão considerados para avaliação os trabalhos que não estejam dentro das normas estabelecidas abaixo.

 

1. A Veredas – Revista de Estudos Linguísticos – é uma publicação semestral do Programa de Pós-Graduação em Linguística da UFJF, cujo objetivo é divulgar produções científicas de pesquisadores de universidades nacionais e estrangeiras. São aceitos para publicação apenas trabalhos  inéditos, exclusivos da área de Linguística. O material enviado é apreciado por membros de nosso Conselho Editorial, que selecionarão os textos para publicação.

 

2. Em função de se caracterizar como um periódico vinculado a um programa de pós-graduação, a política editorial da Veredas determina que são publicados apenas trabalhos de pós-graduados e/ou de pós-graduandos.

 

3. Os trabalhos poderão ser escritos em Português, Inglês, Francês e Espanhol. Os artigos deverão ter, no mínimo, dez páginas e, no máximo, vinte páginas; ensaios, entre sete e dez páginas; resenhas (de livros com até dois anos de publicação), entre três e cinco páginas com os elementos pós-textuais. As traduções deverão ser negociadas diretamente com os editores da Revista Veredas.

 

4. Configuração de página: papel A4, com adentramento de parágrafo de 1,25 cm, espaço simples entre parágrafos, margens esquerda e superior de 3,0cm, direita e inferior de 2,0cm, sem numeração de páginas. Deve ser utilizado o programa Word for Windows.

 

5. Os trabalhos deverão ser enviados unicamente por e-mail para o endereço: revista.veredas@ufjf.edu.br. No caso do número 01 temático, correspondente ao primeiro semestre de cada ano, a submissão deverá ser realizada, impreterivelmente, até o prazo estipulado e divulgado pelo periódico, obedecendo ao sistema de chamadas. Já para o número 02 atemático, correspondente ao segundo semestre de cada ano, é adotado o sistema de fluxo contínuo. 

 

6. Os seguintes arquivos deverão ser enviados, separadamente, no mesmo e-mail: 1) nomeado como DADOS AUTOR, o arquivo deve conter os dados de identificação do autor (nome, titulação, função e/ou cargo, unidade e departamento, endereço eletrônico, residencial e comercial, telefones para contato; 2) nomeado como TRABALHO 01, o trabalho sem identificação do autor, inclusive nas auto-referências ao longo do texto, que deverão ser substituídas por “XXX”; 3) nomeado como TRABALHO 02, o trabalho com identificação do autor. Para os números temáticos, os autores devem inserir no campo “Assunto”, do e-mail, a expressão: CHAMADA VOL. “X” Nº 01 (por exemplo, “CHAMADA VOL. 20 Nº 01); para os números atemáticos, em sistema de fluxo contínuo: CHAMADA ABERTA.

 

7. A Comissão Editorial poderá sugerir ao autor modificações de estrutura ou de conteúdo, bem como rejeitar os trabalhos. É do(s) autor(es) a inteira responsabilidade pelo conteúdo do material enviado, inclusive a revisão gramatical e adequação às normas de publicação. Os autores serão contatados para envio do resultado do parecer.

 

8. Com a publicação do trabalho, os direitos autorais são automaticamente cedidos para a Veredas – Revista de Estudos Linguísticos.

 

9. Os artigos deverão ter a seguinte estrutura:

 

9.1. Elementos pré-textuais:

 

i) Título e subtítulo: na primeira linha, centralizados, negritados, fonte Times New Roman, corpo 12, somente primeira letra em maiúscula em ambos.

 

ii) O nome do autor: na segunda linha abaixo do título, alinhado à direita, em maiúsculas somente as iniciais dos nomes.

 

iii) Resumo: na terceira linha abaixo do nome do autor. Colocar a palavra RESUMO em caixa alta, seguida de dois pontos. Redigir o texto em parágrafo único, espaço simples, justificado, de no máximo sete linhas. O resumo deve, obrigatoriamente, conter os seguintes elementos: objetivo do estudo, aporte teórico/metodologia adotada, síntese dos resultados. Fonte: Times New Roman, corpo 10, para todo o resumo.

 

iv) Palavras-chave: em número de três a cinco, duas linhas abaixo do resumo. Colocar o termo “Palavras-chave”, em caixa baixa, primeira letra em maiúscula e as palavras-chave propriamente ditas em caixa baixa, separadas das demais por ponto e vírgula. Fonte: Times New Roman, corpo 10. Lembramos que as palavras-chave são de extrema importância no processo de indexação do artigo em bases de dados nacionais e internacionais. Portanto, a escolha adequada é fundamental.

 

9.2. Elementos textuais:

i) Fonte: Times New Roman, corpo 12, alinhamento justificado ao longo de todo o texto.

 

ii) Espaçamento: simples entre linhas e parágrafos, duplo entre partes do texto (tabelas, ilustrações, citações em destaque, seções, etc.); parágrafos com adentramento de 1,25 cm.

 

iii) Citações: no corpo do texto, serão de até três linhas, entre aspas duplas. Fonte: Times New Roman corpo 12. Maiores do que três linhas seguem em destaque, na seguinte formatação: fonte Times New Roman corpo 10, em espaço simples, com recuo de 2,5cm à direita e à esquerda para toda a citação. As referências deverão ser indicadas entre parênteses, como no exemplo: (COSTA, 2003, p. 1-10).

 

iv) Notas de rodapé: devem ser colocadas na mesma página, fonte Times New Roman, corpo 10. Alinhamento justificado, sem espaçamento entre notas, espaço simples dentro da nota.

 

v) Títulos e subtítulos das seções: em numeração arábica, sem recuo de parágrafo, em negrito, com maiúscula somente para a primeira palavra da seção. Espaçamento duplo entre seções e subseções.  Usar o sistema “número seguido de ponto final”. Exemplo: 1.1. A construção dos sentidos.

OBS: Não numerar Introdução, Conclusão, Referências e elementos pós-textuais.

 

vi) Elementos ilustrativos: tabelas, figuras, fotos etc. devem ser inseridos no texto, logo após serem citados, contendo a devida explicação na parte inferior da mesma com fonte Times New Roman corpo 10, numeradas seqüencialmente.

 

9.3. Elementos pós-textuais:

 

i) Título (e subtítulo, se houver), Resumo (abstract) e palavras-chave (keywords) em inglês, obedecendo às mesmas normas das versões na língua original, colocados logo após o término do artigo e antes das referências.

 

ii) Referências: seguir normas atuais da ABNT, espaçamento simples, alinhamento justificado, com espaçamento duplo entre as referências (vide exemplos a seguir).

 

iii) Data: incluir a data de envio do artigo para publicação.

 

OBS: Ensaios, traduções e resenhas seguirão, na medida do possível, as normas dos artigos.

  

EXEMPLOS DE REFERÊNCIAS

 

I – Artigo de periódico:

 

ANTELO, R. A Aporia da leitura. Revista Veredas, Juiz de Fora, v. 7, n.1, p. 31-45, jan./jun. 2003.

 

II – Livros e folhetos:

 

HARBONE, J.B. Introduction to ecological biochemistry. 3. ed. London: Academic Press, 1988.

 

III – Capítulos de livros:

 

KUITERS, A.T.; VAN BECKHOVEN, K.; ERNST, W. H. O. Chemical influences of tree litters on herbaceous vegetation. In.: FANTA, A. (Ed.). Forest dynamics research in Western and Central Europe. Washington: Pudoc, 1986. p.140-170.

 

IV – Monografias, dissertações e teses:

 

ROQUE, R. M. Manejo de virola surinamensis no estuário amazônico. 1998. 75f. Monografia (Especialização em Ciências Ambientais) – Instituto de Biologia, Universidade Federal de Juiz de Fora. Juiz de Fora, 1998.

 

PAIVA, S.R. Aspectos da biologia celular e molecular de espécies de Plumbaginácea. 1999. 120f. Dissertação (Mestrado em Ecologia) – Museu Nacional, Universidade Federal do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro, 1999.

 

BRITO, E. O produto de chapas de partículas de madeira a partir de maravilhas de Pinus elliottii. Var. Elliottii plantado no sul do Brasil. 1995. 120f. Tese (Doutorado em Engenharia Florestal) – Setor de Ciências Agrárias, Universidade Federal do Paraná. Curitiba, 1995.

 

V – Congresso, Conferências, Encontros e outros eventos:

 

VIEIRA, V. de A. Hipertensão arterial: fatores de risco, estratégias de enfrentamento e diferenças de gênero. In: VI JORNADA CIENTÍFICA DE PÓS GRADUAÇÃO DA FIOCRUZ,  2000, Rio de Janeiro. Anais… Rio de Janeiro: Fundação Oswaldo Cruz, 2000,  p.576.

 

VI – Documentos eletrônicos

 

BELLATO, M.A.; FONTANA, D.C. El ninoe a agricultura da região Sul do Brasil. Disponível em:<http://www.mac.usp.br/nino2.> Acesso em: 6 abr. 2001.

  

VII – CD-ROM

 

KOOGAN, A.; HOUASSIS, A (Ed.) Enciclopédia e dicionário digital 98. Direção geral de André Koogan Breikman. São Paulo: Delta: Estadão, 1998. 5 CD-ROM. Produzida por Videolar Multimídia.

Artigos

Política padrão de seção

Política de Privacidade

Os nomes e endereços informados nesta revista serão usados exclusivamente para os serviços prestados por esta publicação, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou a terceiros.