O gênero como instrumento para o ensino de Língua Portuguesa nos Parâmetros Curriculares do Estado de Pernambuco

  • Gustavo Lima

Resumo

O presente artigo é um recorte da nossa pesquisa de doutorado (2016X) e tem como objetivo analisar os
Parâmetros Curriculares do Estado de Pernambuco, especificamente no que concerne ao gênero como instrumento
no ensino de língua portuguesa. Os pressupostos teórico-metodológicos aqui adotados têm como base os estudos da
Escola de Genebra, especificamente a proposta de agrupamento e progressão de gêneros (DOLZ, NOVERRAZ E
SCHNEUWLY, 2004). Os resultados evidenciam que os Parâmetros focalizam o gênero como instrumento para o
desenvolvimento de diferentes capacidades de linguagem ao longo do processo de escolarização, evidenciando,
ainda, uma sintonia com o novo paradigma de ensino de língua, pautado nos usos e práticas sociais.

Publicado
2019-09-17
Seção
Seção 4 – ISD e ensino: documentos norteadores, recursos e propostas didáticas