Didatização do gênero seminário

análise do relato da prática docente

  • Fabrini Katrine da Silva Bilro
  • Débora Amorim Gomes da Costa-Maciel

Resumo

Neste trabalho, analisamos o olhar docente sobre a didatização do gênero seminário, a partir do relato da prática de uma professora de Língua Portuguesa, atuante no Ensino Fundamental. Como opção metodológica, realizamos a entrevista semiestruturada e empregamos o prisma qualitativo no tratamento das informações. No campo teórico, dialogamos com Bronckart (2007) e Schneuwly e Dolz (2004), com vistas a refletir sobre a didatização do referido gênero. Com relação aos resultados, evidenciamos que a docente mobiliza estratégias que podem favorecer à compreensão e à ampliação de competências relativas ao domínio discursivo do gênero seminário, em conformidade com as orientações do Interacionismo Sociodiscursivo.

Publicado
2019-09-13
Seção
Seção 3 – ISD e formação docente: trabalho, concepções e representações