6) Ontologia jurídica e a relação de meronímia

  • Thaís Domênica Minghelli (PPG– UNISINOS)
  • Rove Chishman (UNISINOS)

Resumo

Inglês: Juridical ontology and the meronim’s relation
According to the demand for more effective computing systems in regard to information retrieval and the large number of legal sites, ontologies have been useful in this sense. Regarding to this scenario, the role of meronymy is investigated as a content organizing of the Criminal Procedural law in order to insert it in a future legal linguistic ontology. Inspired by some categories of the LRI-core ontology for creating core categories to base this study, the legal domain is presented. Lexical semantics and the types of Winston et. al. (1987) meronymies are the theoretical approach. Finally, legal expressions are selected, extracted from a legal searchingcorpus, and analyzed by the part-whole perspective, illustrating them in the Protégé ontology editor.
 
Tradução:
Tendo em vista a demanda por sistemas computacionais mais eficazes no que tange à recuperação da informação e o grande número de sites jurídicos, ontologias têm se revelado úteis neste sentido. Diante deste cenário, investiga -se e atesta-se o papel da relação de meronímia como uma relação organizadora do conteúdo Processual Penal, a fim de inseri-la em uma futura ontologia jurídica. Inspirando-se em algumas das categorias da ontologia LRI-core para a criação de categorias nucleares embasadoras da pesquisa, apresenta-se, igualmente, o domínio legal. A semântica lexical e os tipos de merônimos de Winston et. al. (1987) constituem o aporte teórico. Por fim, selecionam-se e analisam-se expressões jurídicas,retiradas de um corpus de consulta jurídico,sob a perspectiva parte-todo, ilustrando-as no editor de ontologias Protégé.
Palavras-chave: ontologias; direito; meronímia; categorias.
Publicado
2016-06-24
Edição
Seção
Artigos