As estatísticas de vizinhança ortográfica das palavras do português e do inglês são diferentes?

  • Francis Ricardo dos Reis Justi
  • Cláudia Nascimento Guaraldi Justi
Palavras-chave: vizinhança ortográfica, acesso lexical, reconhecimento visual de palavras, linguística de corpus, comparações entre línguas.

Resumo

Este trabalho avaliou a correlação entre medidas tradicionais de vizinhança ortográfica (N e NF) e o número de vizinhos ortográficos formados pela transposição de duas letras (TLN), bem como se diferenças na distribuição estatística das variáveis de vizinhança ortográfica poderiam explicar as diferenças encontradas nos efeitos dessas variáveis na língua portuguesa e inglesa. Para tanto, foram geradas estatísticas de vizinhança ortográfica para 8465 palavras do português. Não foram observadas grandes diferenças entre as palavras do português e as da língua inglesa no que tange às estatísticas de vizinhança ortográfica, tornando difícil explicar as discordâncias encontradas nos efeitos de N e NF com base na ideia de estruturas de vizinhança ortográfica diferentes entre as línguas. Além disso, a correlação entre as medidas tradicionais de vizinhança ortográfica e TLN foram ínfimas, o que indica que os efeitos de N e NF, sejam quais forem, dificilmente podem ser explicados por sua relação com TLN.
Publicado
2017-12-07
Seção
Artigos