Ciberativismo mercantilizado? Práticas de fãs de celebridades nas redes sociais

Autores

DOI:

https://doi.org/10.34019/1981-4070.2022.v16.32352

Palavras-chave:

Celebridade, Fandom, Fóruns de discussão, Ciberativismo, Mídia Social

Resumo

Este é um relato de experiência de um trabalho de investigação realizado com um fandom brasileiro reunido em uma plataforma on-line: o fórum de discussões Rebellion, dedicado à cantora estadunidense Britney Spears. A pesquisa se desenvolveu como um estudo de caso, combinando notadamente técnicas de documentação, observação e entrevista. A pesquisa documental foi empregada para levantar informações sobre a trajetória de Spears. Foram considerados capas de revistas, matérias jornalísticas, letras de músicas, documentários e livros de memórias, entre outros materiais. A recuperação da sua trajetória levou ao estudo da formação do fandom brasileiro. Para analisá-lo, investimos na observação participante para propiciar a imersão no ambiente virtual, especificamente o fórum Rebellion. Já as entrevistas serviram para completar as informações sobre seus integrantes. Trata-se de um público homogêneo, com idade média acima dos 20 anos, sendo a maioria estudante ou profissional recém-ingressado no mercado. Focando em suas práticas virtuais, argumentamos que o fórum pode ser considerado um caso de ciberativismo mercantilizado, visto que alguns fãs encontram formas de se projetarem individualmente, ao mesmo tempo que se sujeitam ao trabalho gratuito para promover a personalidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Otávio Daros, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul

Doutorando em Comunicação Social pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, em cooperação com a Universidade de Bremen. 

Referências

BRITNEY SPEARS LIVE: THE FEMME FATALE TOUR. Artista: Britney Spears. Nova York: EPIX, 2011. (86 min).

DAROS, O. Celebrity news and cyberactivism in the #FreeBritney fandom movement. Transformative Works and Cultures, v. 36, 2021a. DOI: <https://doi.org/10.3983/twc.2021.2091>.

DAROS, O. Have fan forums been swallowed up by social media companies?. Academia Letters, n. 1683, p. 1-6, 2021b. DOI: <https://doi.org/10.20935/AL1683>.

FÃ 1. Entrevista sobre a vida pessoal. [2012]. Entrevistadores: membros do fórum Rebellion. 2012. Disponível em: . Acesso em: 25 set. 2020.

FÃ 2. Entrevista sobre o trabalho de produção audiovisual. [2015]. Entrevistador: Otávio Daros. Porto Alegre (RS), 2015.

FÃ 3. Entrevista sobre o trabalho de tradução e legenda. [2015]. Entrevistador: Otávio Daros. Porto Alegre (RS), 2015.

FISKE, J. The cultural economy of fandom. In: LEWIS, L. A. (ed.). The adoring audience: fan culture and popular media. Londres: Routledge, 1992, p. 30-49.

FUCHS, C. Social media: a critical introduction. Thousand Oaks: Sage, 2013.

GROSSBERG, L. Is there a fan in the house? The affective sensibility of fandom. In: LEWIS, L. A. (ed.). The adoring audience: fan culture and popular media. Londres: Routledge, 1992, p. 50-68.

INGLIS, F. A short history of celebrity. Princeton: Princeton University Press, 2010.

IN THE ZONE. Artista: Britney Spears. Nova York: Jive Records, 2003. 1 CD (50 min).

LEMOS, A. Cibercultura: tecnologia e vida social na cultura contemporânea. Porto Alegre: Sulina, 2002.

JENKINS, H. Textual poachers: television fans and participatory culture. Nova York: Routledge, 1992.

JENKINS, H. Fans, bloggers, and gamers: exploring participatory culture. Nova York: New York University Press, 2006.

TIMBERLAKE, J. [Pedido de desculpas]. [S. l.], 12 fev. 2021. Instagram: @justintimberlake. Disponível em: . Acesso em: 11 maio 2021.

MARSHALL, P. D. (ed.). The celebrity culture reader. Londres: Routledge, 2006.

MASCARENHAS, A. M. “You wanna a piece of me?” A estética do fã na peregrinação ao corpo monumento da Diva Pop em Las Vegas. 2019. 337 f. Tese (Doutorado em Comunicação) - Centro de Comunicação e Artes, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2019. Disponível em: <https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/33710>. Acesso em: 29 abr. 2021.

RECUERO, R. Redes sociais na internet. Porto Alegre: Sulina, 2009.

ROJEK, C. Celebrity. Londres: Reaktion Books, 2004.

RÜDIGER, F. Introdução às teorias da cibercultura: perspectivas do pensamento tecnológico contemporâneo. Porto Alegre: Sulina, 2004.

SPEARS, L. Through the storm: a real story of fame and family in a tabloid world. Nashville: Thomas Nelson, 2008.

SPYER, J. Conectado: o que a internet fez com você e o que você pode fazer com ela. São Paulo: Zahar, 2007.

YAHOO.COM. Decade of top searches. Yahoo! News, 19 dez. 2012. Disponível em: . Acesso em: 11 maio 2021.

Downloads

Publicado

2022-04-30

Como Citar

DAROS, O. Ciberativismo mercantilizado? Práticas de fãs de celebridades nas redes sociais. Lumina, [S. l.], v. 16, n. 1, p. 96–113, 2022. DOI: 10.34019/1981-4070.2022.v16.32352. Disponível em: https://periodicos.ufjf.br/index.php/lumina/article/view/32352. Acesso em: 6 dez. 2022.

Edição

Seção

Artigos