A circulação da (des)informação política no WhatsApp e no Facebook

  • Erica Anita Baptista
  • Patrícia Rossini Universidade de Liverpool (UK)
  • Vanessa Veiga de Oliveira Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)
  • Jennifer Stromer-Galley School of Information Studies da Universidade de Syracuse
Palavras-chave: desinformação, fake-news, mídias sociais, WhatsApp, Facebook

Resumo

As eleições de 2018 no Brasil colocaram em destaque a circulação de informação política e os impactos da desinformação na formação da opinião pública. O declínio da confiança nas notícias veiculadas pela grande mídia foi terreno fértil para o aumento das fake news, que atuaram fortemente na produção de conteúdos sobre as campanhas. Nesse contexto, também chamou a atenção a utilização dos sites de redes sociais (SRSs) e o serviço móvel de mensagens instantâneas WhatsApp como espaço de formação de preferências, de pequenos comitês de campanha e de polarização ideológica. Neste artigo, examinamos as dinâmicas da apropriação política do WhatsApp, em comparação com o Facebook, com foco nas relações entre a desinformação e a formação da opinião pública sobre a política, tendo em vista o cenário eleitoral de 2018 e suas reverberações pós-eleitorais. Nos interessou observar os hábitos de consumo das mídias sociais e o grau de exposição às notícias falsas, bem como compreender a frequência e a intencionalidade de compartilhamento de fake news pelos usuários. Para tanto, utilizamos dados da pesquisa nacional "WhatsApp como fonte de engajamento político e (des)informação no Brasil" (N = 1.615).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Erica Anita Baptista

Pesquisadora de pós-doutorado no Grupo de Pesquisa em Mídia e Esfera Pública (EME/UFMG). Pesquisadora do Grupo Opinião Pública (UFMG). Doutora em Ciência Política (UFMG)

Patrícia Rossini, Universidade de Liverpool (UK)

Professora no Departamento de Comunicação e Mídia da Universidade de Liverpool (UK). Doutora em Comunicação Social pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

Vanessa Veiga de Oliveira, Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)

Professora no Departamento de Comunicação Social da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Doutora em Comunicação Social pela mesma instituição. Pesquisadora do Grupo EME/UFMG. 

Jennifer Stromer-Galley, School of Information Studies da Universidade de Syracuse

Professora titular e diretora do Center for Computational and Data Science, School of Information Studies da Universidade de Syracuse (EUA). Doutora em Comunicação pela Universidade da Pennsylvania (EUA).

Referências

ALLCOTT, Hunt; GENTZKOW, Matthew. Social Media and Fake News in the 2016 Election. Journal of Economic Perspectives, v. 31, n. 2, p. 211–236, 2017.

ANSPACH, N. M. The New Personal Influence: How Our Facebook Friends Influence the News We Read. Political Communication, v. 34, n. 4, p. 1–17, 23 maio 2017.

BASTOS DOS SANTOS, João Guilherme; FREITAS, Miguel; ALDÉ, Alessandra; SANTOS, Karina; CARDOZO, Vanessa Cristine Cunha. WhatsApp, política mobile e desinformação: a hidra nas eleições presidenciais de 2018. Comunicação & Sociedade (Online), v. 41, p. 307, 2019.

BLUMER, Jay; KATZ, Elihu. The Uses of Mass Communications: Current Perspectives on Gratifications Research. Beverly Hills, California, Sage Publications, 1974.

BOULIANNE, Shelley. Revolution in the making? Social media effects across the globe. Information, Communication & Society, v. 22, n. 1, p.39–54, 2019.
BOULIANNE, Shelley. Social media use and participation: a meta-analysis of current research. Information, Communication & Society, v. 18, n. 5, p.524–538, 2015.
BRUNS, Axel. After the ‘APIcalypse’: social media platforms and their fight against critical scholarly research. Information, Communication & Society, v. 0, n. 0, p. 1–23, 11 jul. 2019.
BURGOS, Pedro. What 100,000 WhatsApp messages reveal about misinformation in Brazil. First Draft, 27 de junho de 2019. Disponível em: https://firstdraftnews.org/what-100000-whatsapp-messages-reveal-about-misinformation-in-brazil/
DE VREESE, Claes; NEIJENS, Peter. Measuring Media Exposure in a Changing Communications Environment. Communication Methods and Measures, v. 10, n. 2–3, p.69–80, 2016.
DEARO, Guilherme. WhatsApp bane 100 mil contas no Brasil por uso irregular. Revista Exame, 28 de outubro de 2018. Disponível em: https://exame.abril.com.br/brasil/whatsapp-bane-100-mil-contas-no-brasil-por-uso-irregular/
DEUTSCH, Morton; GERARD, Harold. A study of normative and informational social influences upon individual judgment. Journal of Abnormal and Social Psychology, v.51, n.3, p. 629–636, 1955.
FARKAS, Johan; SCHOU, Jannick. Fake News as a Floating Signifier: Hegemony, Antagonism and the Politics of Falsehood. Javnost - The Public, v. 25, n. 3, p. 298-314, 2018.
GOTTFRIED, Jeffrey; SHEARER, Elisa. News Use across Social Media Platforms 2016. Pew Research Center, May 26, 2016.
GIL DE ZÚÑIGA, Homero; JUNG, Nakwon; VALENZUELA, Sebastián. Social media use for news and individuals’ social capital, civic engagement and political participation. Journal of Computer-Mediated Communication, v.17, n.3, p.319–336, 2012.
HOFSTETTER, C. Richard; BARKER, David; SMITH, James T.; ZARI, Gina M.; INGRASSIA; Thomas A. Information, misinformation, and political talk radio. Political Research Quarterly, v. 52, n. 2, p. 353-369, jun.1999.
JACK, Caroline. Lexicon of lies: Terms for problematic information. New York, N.Y: Data & Society Research Institute, 2017.
KUKLINSKI James; QUIRK, Paul; JERIT, Jennifer; SCHWIEDER, David; RICH, Robert. Misinformation and the Currency of Democratic Citizenship. The Journal of Politics, v. 62, n. 3, p. 790-816, 2000.

MELLO, Patrícia C. WhatsApp admite envio maciço ilegal de mensagens nas eleições de 2018. Folha de S. Paulo, 8 de outubro de 2019. Disponível em: https://www1.folha.uol.com.br/poder/2019/10/whatsapp-admite-envio-massivo-ilegal-de-mensagens-nas-eleicoes-de-2018.shtml?utm_source=twitter&utm_medium=social&utm_campaign=comptw?loggedpaywall
NEWMAN, Nic; FLETCHER, Richard; KALOGEROPOULOS, Antonis; LEVY, David & NIELSEN, Rasmus K. Reuters Institute Digital News Report 2018. Oxford, UK: Reuters Institute for the Study of Journalism., 2018. Disponível em: .
NIELSEN, Rasmus Kleis; NEWMAN, Nic; FLETCHER, Richard; KALOGELOPOLOUS, Antonis. Reuters Institute Digital News Report 2019. Oxford, UK: Reuters Institute for the Study of Journalism, 2019. Disponível em: .
PRZYBYLSKI, Andrew; MURAYAMA, Kou; DE HAAN, Cody; GLADWELL, Valerie. 2013. Motivational, Emotional, and Behavioral Correlates of Fear of Missing Out. Computers in Human Behavior, v. 29, n. 4, p.1841–1848, 2013.
RESENDE, Gustavo; MELO, Philipe; SOUSA, Hugo; MESSIAS, Johnnatan; VASCONCELOS, Marisa; ALMEIDA, Jussara; BENEVENUTO, Fabrício. (Mis)Information Dissemination in WhatsApp: Gathering, Analyzing and Countermeasures. In: International World Wide Web Conference Committee, 2019. Anais... San Francisco: ACM Press, p. 1–11, 2019.
ROSSINI, Patrícia G. C., BAPTISTA, Érica Anita, OLIVEIRA, Vanessa V., SAMPAIO, Rafael C. O uso do Facebook nas eleições presidenciais brasileiras de 2014: a influência das pesquisas eleitorais nas estratégias das campanhas digitais. Revista Fronteiras, n. 18, p. 145-157, 2016.
RUGGIERO, Thomas E. Uses and gratifications theory in the 21st century. Mass Communication and Society, v.3, n.1, p.3-37, 2000.
SCHEUFELE, Dietram; KRAUSE, Nicole. Science audiences, misinformation, and fake news. Proceedings of the National Academy of Sciences, [s.l.], v. 116, n. 16, p. 7662-7669, 2019.
SHNEIDMAN, Edwin S. Logical content analysis: an explication of styles of concludifying. In: GERBNER, G.; HOLSTI, O. KRIPPENDORFF, K., PAISLEY, W.; SONTE, P. (Eds.). The analysis of communication content: Developments in Scientific Theories and Computer Techniques. New York: Wiley, 1969. Pp. 261-79.
STROMER-GALLEY, Jennifer. Presidential Campaigning in the Internet Age. New York, NY: Oxford University Press, 2019.

VALERIANI, Augusto; VACCARI, Cristian. Political talk on mobile instant messaging services: a comparative analysis of Germany, Italy, and the UK. Information, Communication & Society,v. 21, n. 11, p.1–17, 2017.
WARDLE, Claire; DERAKHSHAN, Hossein. Information disorder: Toward an interdisciplinary framework for research and policy making. Council of Europe, October, 2017.
Dados empíricos
ROSSINI, Patrícia; STROMER-GALLEY, Jennifer; OLIVEIRA, Vanessa Veiga; BAPTISTA, Érica Anita. WhatsApp como fonte de engajamento político e (des)informação no Brasil. Pesquisa nacional realizada com 1600 entrevistas no Brasil, pelo IBOPE Inteligência. 2019.
Publicado
2019-12-30
Como Citar
ANITA BAPTISTA, E.; ROSSINI, P.; VEIGA DE OLIVEIRA, V.; STROMER-GALLEY, J. A circulação da (des)informação política no WhatsApp e no Facebook. Lumina, v. 13, n. 3, p. 29-46, 30 dez. 2019.
Seção
Dossiê: Comunicação Política, Eleições 2018 e Campanha Permanente