Memórias revisitadas: letramentos midiáticos orais e gestuais como ressonâncias do passado

Palavras-chave: letramento midiático, oralidade e gestos, memória, leitura, comunicação

Resumo

O artigo busca legitimar práticas de letramento midiático em aproximação e ressignificação de formas de leitura oral e gestual do passado, comumente esquecidas e desvalorizadas no cotidiano. O modo de aplicação metodológica é a realização de uma “historicidade do presente” (HELLER, 1993), construída por práticas contemporâneas de comunicação (BARBOSA, 2014, 2015), tendo em vista traçar a persistência de elementos em diálogo de um passado não-linear, com rastros que ecoam no presente. Conclui-se que a diversidade de letramentos exigidos hoje para os usos das mídias advém da habilidade prévia da cultura oral e gestual construída ao longo de diferentes tempos históricos, e atua como facilitadora nas atuais formas de leitura do cotidiano.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Raquel Timponi, Professora Adjunta da Universidade Federal de Uberlândia (UFU)
Professora Adjunta da Universidade Federal de Uberlândia (UFU). Curso de Jornalismo, Núcleo de Educação, Comunicação e Tecnologia da Faculdade de Educação (FACED), Universidade Federal de Uberlândia (MG). Integrante do Grupo de Pesquisa Comunicação, Entretenimento e Cognição (CiberCog/Uerj) e pesquisadora do Laboratório de Mídias Digitais (LMD/Uerj). E-mail: raquel.timponi@ufu.br

Referências

ABREU, Marcia Azevedo de. Cordel Português e Folhetos Nordestinos: Confrontos. Um estudo teórico comparativo. Tese de Doutoramento apresentada à Área de Literatura Comparada do Departamento de Teoria Literária do Instituto de Estudos da Linguagem da Universidade Estadual de Campinas. UNICAMP, 1993. Disponível em: . Acesso em: 04 out. 2014.
ANDRADE, Mário de. Macunaíma: o herói sem nenhum caráter. Rio de Janeiro: Villa Rica Editoras Reunidas Limitada, 1993,1960.
BARBOSA, Marialva. Comunicação e Usos do Passado: Aula inaugural do PPGCOM da UERJ – 6 de maio de 2015. Dossiê Cultura Pop e Linguagem de Videoclipe. Revista LOGOS. Uerj: ed. 42, v. 22, n. 1, 2015.
______. “Escravos, oralidade e letramento”. In: SACRAMENTO, Igor; MATHEUS, Letícia. História da Comunicação: experiências e perspectivas. 1 ed. Rio de Janeiro: Mauad, 2014.
______. História da Comunicação no Brasil. Rio de Janeiro: Vozes, 2013.
______. História cultural da imprensa: Brasil, 1800-1900. Rio de Janeiro: Ed. Mauad, 2010.
BEIGUI, Alex. Performances da escrita. Revista Aletria, v. 22, n. 1. Jan/abr 2011. Disponível em: . Acesso em: 10 jan. 2015.
CANDIDO, Antonio. Literatura e Sociedade: estudos de teoria e história literária, São Paulo, Editora Nacional, 1980.
CASCUDO, Luís da Câmara. Contos tradicionais do Brasil. São Paulo: Global, 2001.
CERTEAU, Michel De. A escrita da história. Trad. Maria de Lourdes Menezes. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2006.
DARNTON, Robert. O grande massacre dos gatos: e outros episódios da história cultural francesa. Trad. Sonia Coutinho. São Paulo: Graal, 2011.
GÜMBRECHT, Hans Ulrich. Produção de presença: o que o sentido não consegue transmitir. Trad. Ana Isabel Soares. Rio de Janeiro: Contraponto: Ed. PUC-Rio, 2010.
HELLER, Agnes. Uma teoria da história. Trad. Dilson Bento de Faria Ferreira Lima. Rio de Janeiro: Editora Civilização Brasileira, 1993 [1981].
MARTINS, Bruno Guimarães. Corpo sem cabeça: Paulo Brito e a Petalógica. Tese de doutorado apresentada ao Programa de pós-gradução em Literatura, Cultura e Contemporaneidade. Departamento de Letras, PUC-Rio. Rio de Janeiro, 2013. Disponível em: . Acesso em maio de 2014.
LAKOFF, George; JOHNSON, Mark. Metáforas da vida cotidiana. Trad. Mara Sophia Zanotto. Campinas: Mercado de Letras; São Paulo: EDUC, 2002.
MACHADO, Ubiratan. A vida literária no Brasil durante o Romantismo. Rio de Janeiro: Tinta Negra, 2010.
MARANHÃO, Adriana, SÁ, Joane Leôncio de e MELO, Mônica. As cantigas de roda na literatura infantil brasileira. INTERSEMIOSE | Revista Digital | ANO III, N. 05 | Jan/Jun 2014 | ISSN 2316-316X p. 117- 134.
RIOS, Ana Lugão, MATTOS, Hebe Maria. Memórias do Cativeiro: família, trabalho e cidadania no pós-abolição. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2005.
RIZZINI, Carlos. O livro, o jornal e a tipografia no Brasil. 1500-1822. Com um breve estudo geral sobre a informação. São Paulo, Imprensa Oficial: 1988 [1946].
ROCHA, João Cezar de Castro. Literatura e cordialidade. O público e o privado na cultura brasileira. Rio de Janeiro: EdUERJ, 1998.
SILVA, Márcia Cabral da. Leitura, pesquisa e ensino. Rio de Janeiro: EdUERJ, 2013.
ZUMTHOR, Paul. Introdução à poesia oral. Trad. Jerusa Pires Ferreira, Maria Lúcia Diniz Pochat, Maria Inês de Almeida. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2010.
Publicado
2019-04-30
Como Citar
Timponi, R. (2019). Memórias revisitadas: letramentos midiáticos orais e gestuais como ressonâncias do passado. Lumina, 13(1), 149-163. https://doi.org/10.34019/1981-4070.2019.v13.21474