Sobre os textos que amamos uma leitura comunicacional das narrativas, dos sentidos e do sentir

Autores

  • Nuno Manna

DOI:

https://doi.org/10.34019/1981-4070.2010.v4.20933

Palavras-chave:

narrativa, pragmatismo, paradigma praxiológico

Resumo

Discussão sobre as bases do pensamento comunicacional e da constituição de um olhar relacional para apreender os textos narrativos como objetos de conhecimento. Recorre-se a pontos importantes da matriz pragmatista, do paradigma praxiológico de Louis Quéré e da concepção de narrativa de Paul Ricoeur, em busca de interseções e de contribuições para uma percepção das narrativas como objetos que conjugam ética, poética e experiência.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2010-12-06

Como Citar

MANNA, N. Sobre os textos que amamos uma leitura comunicacional das narrativas, dos sentidos e do sentir. Lumina, [S. l.], v. 4, n. 2, 2010. DOI: 10.34019/1981-4070.2010.v4.20933. Disponível em: https://periodicos.ufjf.br/index.php/lumina/article/view/20933. Acesso em: 22 abr. 2024.

Edição

Seção

Dossiê TV: Formas Audiovisuais de Ficção e Documentário n.2