Microinfiltração coronária de materiais restauradores provisórios em dentes tratados endodonticamente

  • Milene Oliveira FOP/Unicamp
  • Magno Linhares Motta UFJF
  • Maria das Graças Afonso Miranda Chaves UFJF
  • Henrique Duque de Miranda Chaves Filho UFJF
  • Antônio Márcio Resende Carmo UFJF
Palavras-chave: restauração dentária temporária, infiltração dentária, azul de metileno

Resumo

Objetivo: avaliar a microinfiltração marginal em materiais restauradores provisórios utilizados em Endodontia, em diferentes períodos de tempo (3 e 7 dias).

Materiais e métodos: Foram utilizados 120 dentes humanos unirradiculares, que após tratamento endodôntico foram separados aleatoriamente em 6 grupos (n=20), de acordo com o material restaurador provisório utilizado: Grupo 1: Vidrion R® (S. S. White Artigos Dentários), Grupo 2: IRM® (Dentsplay), Grupo 3: Provisory® (Technew), Grupo 4: Dentalville® (Dentalville do Brasil), Grupo 5: guta percha (Higienic) e Super Bonder® (Loctite) (controle positivo) e Grupo 6: apenas bolinha de algodão (controle negativo). Após a restauração os dentes foram impermeabilizados com esmalte de uso cosmético e submetidos à termociclagem por 500 ciclos (0+/- 5 ºC e 55 +/- 5º C). Em seguida foram imersos em solução de azul de metileno 2% por 3 e 7 dias, sendo seccionados longitudinalmente e examinados por lupa estereoscópica com aumento de 40x.

Resultados: os resultados foram submetidos ao testes estatísticos Mann Whitney e Kruskal Wallis, mostrando resultados significativos quando se utilizou o material Dentalville® por um período de 3 dias (p<0,001). Após 7 dias, apenas o grupo 5 (controle positivo) não apresentou microinfiltração marginal, não havendo diferenças estatisticamente significativas entre os demais grupos.

Conclusão: Pode-se concluir que o material restaurador provisório Dentalville® apresentou menores índices de microinfiltração quando utilizado por um período de 3 dias, comparado aos demais materiais avaliados.

Biografia do Autor

Milene Oliveira, FOP/Unicamp
Doutoranda em Clínica Odontológica pela FOP/Unicamp
Magno Linhares Motta, UFJF

Professor do Departamento de Clinica Odontológica da FO/UFJF

Maria das Graças Afonso Miranda Chaves, UFJF
Professora adjunta do Departamento de Clinica Odontológica da FO/UFJF
Henrique Duque de Miranda Chaves Filho, UFJF
Professor efetivo do Departamento de Odontologia Restauradora da FO/UFJF
Antônio Márcio Resende Carmo, UFJF
Professor do departamento de Clinica Odontologica da FO/UFJF
Publicado
2011-09-21
Como Citar
1.
Oliveira M, Motta ML, Chaves M das GAM, Chaves Filho HD de M, Carmo AMR. Microinfiltração coronária de materiais restauradores provisórios em dentes tratados endodonticamente. hu rev [Internet]. 21º de setembro de 2011 [citado 15º de agosto de 2020];37(1). Disponível em: https://periodicos.ufjf.br/index.php/hurevista/article/view/1157
Seção
Artigos Originais

Artigos mais lidos pelo mesmo (s) autor (es)