TRATAMENTO DA VAGINOSE BACTERIANA COM ÁCIDO ASCÓRBICO

Autores

  • Juliana Barroso Zimmermmann
  • Débora Gonçalves da Silva Faculdade de Medicina de Barbacena
  • Thaís Guimarães Pires Faculdade de Medicina de Barbacena
  • Mariana Pires de Sousa Silva Faculdade de Medicina de Barbacena
  • Larissa Lana Reis Faculdade de Medicina de Barbacena
  • Clayse Aparecida Luiza da Costa Faculdade de Medicina de Barbacena

Palavras-chave:

vaginose bacteriana, acido ascórbico, vitamina C

Resumo

Os autores apresentam uma comunicação breve sobre o uso de ácido ascórbico no tratamento da vaginose bacteriana e relatam ainda não haver dados suficientes para a utilização rotineira na VB, sendo ainda o metronidazol a primeira escolha no tratamento

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Débora Gonçalves da Silva, Faculdade de Medicina de Barbacena

Estagiária de Ginecologia e Obstetrícia da Faculdade de Medicina de Barbacena

Thaís Guimarães Pires, Faculdade de Medicina de Barbacena

Estagiária de Ginecologia e Obstetrícia da Faculdade de Medicina de Barbacena

Mariana Pires de Sousa Silva, Faculdade de Medicina de Barbacena

Estagiária de Ginecologia e Obstetrícia da Faculdade de Medicina de Barbacena

Larissa Lana Reis, Faculdade de Medicina de Barbacena

Estagiária de Ginecologia e Obstetrícia da Faculdade de Medicina de Barbacena

Clayse Aparecida Luiza da Costa, Faculdade de Medicina de Barbacena

Estagiária de Ginecologia e Obstetrícia da Faculdade de Medicina de Barbacena

Downloads

Publicado

2010-11-05

Como Citar

1.
Zimmermmann JB, da Silva DG, Pires TG, Silva MP de S, Reis LL, da Costa CAL. TRATAMENTO DA VAGINOSE BACTERIANA COM ÁCIDO ASCÓRBICO. hu rev [Internet]. 5º de novembro de 2010 [citado 14º de agosto de 2022];36(2). Disponível em: https://periodicos.ufjf.br/index.php/hurevista/article/view/1009

Edição

Seção

Comunicação breve

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)