A mediação cultural através das mídias digitais

o papel do intelectual mediador na produção e compartilhamento de conteúdos na Internet

Autores

  • Pedro Jardel Fonseca Pereira Universidade Federal de Juiz de Fora

Palavras-chave:

Palavras-chave: História intelectual; Mediadores culturais; editor de mídias digitais.

Resumo

Este artigo tem como objetivo refletir como o editor de sites de mídias digitais, ou seja, aquele que produz e compartilha conteúdos na Internet pode ser compreendido como intelectual mediador, baseando-nos no entendimento de “Mediação Cultural”, das autoras Ângela de Castro Gomes e Patrícia Hansen, um conceito novo que tem sido discutido no campo da história intelectual. Faremos uma breve retrospectiva sobre o surgimento e estabelecimento da História Intelectual na França, assim como, também, alguns apontamentos sobre as definições e discussões a respeito do termo intelectual.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Associação Nacional de História - ANPUH-Brasil. Disponível em: https://anpuh.org.br/. Acesso em: 04 set./ 2021.

BOBBIO, Norberto. Os intelectuais e o poder: dúvidas e opções de homens de cultura na sociedade contemporânea. São Paulo: Editora da UNESP, 1997.

BURKE, Peter. O que é História Cultural?. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed., 2005.

CASTELLS, M. A sociedade em rede. São Paulo, Paz e Terra, vol. 1, 1999.

Café História. Disponível em: https://www.cafehistoria.com.br/. Acesso em: 12 set./ 2021.

CORREA, Rubens Arantes. Os intelectuais e a escrita da história – as contribuições metodológicas de Jean-François Sirinelli. Ver. Escritas Vol. 8 n. 2 (2016) p. 265-278. Disponível em: https://redib.org/Record/oai_articulo1240086-os-intelectuais-e-a-escrita-da-hist%C3%B3ria-%E2%80%93-contribui%C3%A7%C3%B5es-metodol%C3%B3gicas-de-jean-fran%C3%A7ois-sirinelli. Acesso em: 23 out./ 2021.

CARVALHO, Bruno Leal Pastor de. História Pública: uma breve bibliografia comentada. (Bibliografia Comentada). In: Café História – história feita com cliques. Disponível em: https://www.cafehistoria.com.br/historia-publica-biblio/.Publicado em: 6 nov. 2017. Acesso em: 22 out/ 2021.

CHARTIER, Roger. História intelectual e história das mentalidades: uma dupla reavaliação. In. A história cultural: entre práticas e representações. Lisboa: Difel,1990.

FORTES, Alexandre; ALVIM, Leandro Guimarães Marques. Evidências, códigos e classificações: o ofício do historiador e o mundo digital. Revista: Esboços, Florianópolis, v. 27, n. 45, p. 207-227, maio/ago. 2020. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/esbocos/article/view/2175-7976.2020.e68270. Acesso em: 01 out./ 2021.

GOMES, Angela de Castro. A Marquesa de Santos: história, memória e ficção histórica no Brasil da primeira metade do século XX. Estudos Ibero-Americanos, Porto Alegre, v. 45, n. 3, p. 90-103, set.-dez. 2019. Disponível em: https://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/iberoamericana/article/view/34424. Acesso em: 26 out./ 2021.

GOMES, Angela de Castro e HANSEN, Patrícia. Intelectuais mediadores: práticas culturais e projetos políticos. Rio de Janeiro: Ed. Civilização Brasileira, 2016.

GOMES, Angela de Castro. O lugar dos “Intelectuais mediadores”: entrevista com a Angela de Castro Gomes. Entrevistadores: Bruno Leal Pastor de Carvalho e Ana Paula Tavares Teixeira. In: Café História. Disponível em: https://www.cafehistoria.com.br/intelectuais-mediadores-entrevista-angela-de-castro-gomes/. Publicado em: 31 ago. 2020. ISSN: 2674-5917.

GOMES, Angela Maria de Castro; KODAMA, Kaori; FONSECA, Maria Rachel Fróes da. Imprensa e mediadores culturais: ciência, história e literatura. Varia Historia, Belo Horizonte, vol. 34, n. 66, p. 593-600, set/dez 2018. Disponível em:

https://www.scielo.br/j/vh/a/YSb994PgNBnjG7PCCmpCb6L/?lang=pt. Acesso em: 26 out./ 2021.

História da Ditadura: Disponível em; https://www.historiadaditadura.com.br. Acesso em: 06 set./ 2021.

MAUAD, Ana M.; ALMEIDA, Juniele R. de; SANTHIAGO, Ricardo (Org.). História

Pública no Brasil: sentidos e itinerários. São Paulo: Letra e Voz, 2016

MARGRAF, Tatiane Vargas. História intelectual e mediadores culturais: o caso dos professores da Educação Básica. Revista: Temporalidades – Revista de História, ISSN 1984-6150, Edição 30, v. 11, n. 2 (Mai./Ago. 2019). Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/temporalidades/article/view/14724. Acesso em: 04 out./ 2021.

MORAES, Luis Edmundo de Souza. “A negação existe exclusivamente porque ela é politicamente necessária e, como tal, a fraude é uma condição necessária para o negacionismo”. (Entrevista). In: Café História. Disponível em: https://www.cafehistoria.com.br/entrevista-com-luis-edmundo-de-souza-moraes-sobre-negacionismo/. Publicado em: 18 out. 2021. ISSN: 2674-5917. Acesso em: 27 out./ 2021.

SANTOS, Francisco Coelho dos; CYPRIANO, Cristina Petersen. Redes sociais, redes de sociabilidades. Revista Brasileira de Ciências Sociais - Vol. 29 N° 85. junho/2014.

Disponível em:

https://www.scielo.br/j/rbcsoc/a/k5ykGdRVvtzwfCq9Twh6ZGq/?lang=pt.Acesso em: 28 set./ 2021.

SIRINELLI, Jean-François. Os intelectuais. In: RÉMOND, René. (Org.). Por uma história política. 2. ed. Rio de Janeiro: FGV, 2003.

SILVA, Cintia Rufino Franco da. O caso Dreyfus, Émile Zola e a imprensa. Revista Contemporâneos. Nº 11, ano: 2013. Disponível em:

https://www.revistacontemporaneos.com.br/n11/dossie/Dossie4-dreifus.pdf%20. Acesso em: 08 out./ 2021.

LÉVY, Pierre. Cibercultura. São Paulo: Editora 34, 1999.

RENDEIRO, M. E. L. S. Orkut e Facebook: as teias da memória em meio às redes sociais. Ciências Sociais Unisinos, São Leopoldo. v. 47, n3, p.256 262, set/dez 2011. Disponível em: https://www.redalyc.org/pdf/938/93821299009.pdf. Acesso em 01 out./ 2021.

Leitura Obriga História. Disponível em: https://leituraobrigahistoria.com/. Acesso em: 01 set./ 2021.

RÉMOND, René. Por uma história política. Rio de Janeiro: FGV, 2003.

ROLLEMBERG, Denise; CORDEIRO, Janaina Martins. Revisionismo e negacionismo: controvérsias. História, histórias, vol. 9, nº 17, jan./jun. 2021.Disponível em: https://periodicos.unb.br/index.php/hh/article/download/36429/30706/111917. Acesso em: 23 out./ 2021.

RODRIGUES, Helenice. O intelectual no campo cultural francês: do Caso Dreyfus aos tempos atuais. Varia História, Belo Horizonte, vol. 21, nº 34: p.395-413, julho, 2005. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-87752005000200008. Acesso em: 12 out./ 2021.

Downloads

Publicado

2022-05-30

Como Citar

(1)
Fonseca Pereira, P. J. A mediação Cultural através Das mídias Digitais: O Papel Do Intelectual Mediador Na produção E Compartilhamento De Conteúdos Na Internet. FDC 2022, 8, 92-111.