A Desobediência a Lei Eusébio de Queirós: O Caso de Itapemirim-ES

  • Laryssa da Silva Machado Universidade Federal do Espírito Santo
  • Lucas da Silva Machado Universidade Federal do Espírito Santo
Palavras-chave: Escravidão em Itapemirim, tráfico de escravos, escravidão no Espírito Santo, Lei Eusébio de Queirós.

Resumo

O presente artigo apresenta a trama envolvendo Itapemirim, região sul do Espírito Santo, em uma complexa rede de tráfico de escravos na região Sudeste após a promulgação da Lei Eusébio de Queirós. Por ser a região com menor fiscalização, inúmeros navios transportando africanos continuaram a desembarcar no litoral sul capixaba após 1850. Os mesmos eram enviados principalmente as fazendas de café em Cachoeiro do Itapemirim, a Zona da Mata de Minas Gerais e ao norte do Rio de Janeiro. As inúmeras denúncias e correspondências relacionadas ao assunto demonstram que o problema preocupava as autoridades do Império e que perduraram durante toda a década de 1860.

Publicado
2020-06-02
Como Citar
(1)
da Silva Machado, L.; da Silva Machado, L. A Desobediência a Lei Eusébio De Queirós: O Caso De Itapemirim-ES. FDC 2020, 6, 250-271.