DESFECHOS DOS ENCAMINHAMENTOS DOS USUÁRIOS DA ATENÇÃO PRIMÁRIA À SAÚDE À FARMÁCIA DE MEDICAMENTOS ESPECIAIS DO ESTADO RIO GRANDE DO SUL

  • Cristine Falcão Barros Grupo Hospitalar Conceição
  • Eduardo Liberato da Silva Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • Vinícius Cioffi Altnetter Prefeitura Municipal de Porto Alegre.
  • Caren Serra Bavaresco Programa de Pós-Graduação em Odontologia ULBRA - Canoas Grupo Hospitalar Conceição
Palavras-chave: Atenção Primária à Saúde, Assistência Farmacêutica, Políticas Públicas

Resumo

A Assistência Farmacêutica no Brasil é dividida em Componente Básico, Especial, Especializado e Estratégico. Para fornecimento do medicamento pelo Componente Especial e/ou Especializado que segue os Protocolos Clínicos e Diretrizes Terapêuticas do Ministério da Saúde exige a abertura de processo administrativo juntamente à Farmácia de Medicamentos Especiais do Estado do Rio Grande do Sul.  A demanda de processos administrativos para obtenção destes medicamentos é grande e não encontramos estudos sobre os desfechos dos encaminhamentos destes processos. O objetivo do presente estudo foi analisar o desfecho dos encaminhamentos dos pacientes com demanda de medicamentos do componente especial e/ou especializado da Assistência Farmacêutica. Trata-se de um estudo transversal, realizado em uma unidade de atenção primária à saúde, no período de 2013 à 2014. Foram aplicados questionários aos pacientes e/ou responsáveis que consultaram no ambulatório de Farmácia requerendo medicamentos junto à Farmácia de Medicamentos Especiais. Os principais resultados indicam que 12 pacientes (75%) tiveram o processo totalmente deferido, sendo que 8 pessoas (50%) levaram até 1 mês para resposta do processo administrativo. A renda média familiar da amostra foi de 2500 reais com um gasto médio de 100 reais por família, representando o gasto com medicamento 4% da renda familiar. Os desfechos dos encaminhamentos dos usuários da Atenção Primária à Saúde foram considerados resolutivos, sendo que a orientação ao paciente no ambulatório farmacêutico mostrou-se efetiva em relação a estes encaminhamentos.

Biografia do Autor

Cristine Falcão Barros, Grupo Hospitalar Conceição
Farmacêutica. Especialista em Saúde da Família e Comunidade (GHC).
Eduardo Liberato da Silva, Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Graduando em Odontologia
Vinícius Cioffi Altnetter, Prefeitura Municipal de Porto Alegre.
Farmacêutico. Prefeitura Municipal de Porto Alegre.
Caren Serra Bavaresco, Programa de Pós-Graduação em Odontologia ULBRA - Canoas Grupo Hospitalar Conceição

Cirurgião Dentista - SSC/GHC
Professora do Programa de Pós-Graduação em Odontologia - ULBRA/Canoas

Especialista em Saúde Coletiva
Mestre e Doutora Bioquímica/UFRGS

 

Publicado
2018-12-20
Seção
Artigos Originais