FREQUÊNCIA DAS DISFUNÇÕES TEMPOROMANDIBULARES (DTM) E SUA RELAÇÃO COM A ANSIEDADE E DEPRESSÃO ENTRE USUÁRIOS QUE PROCURARAM O SETOR DE ODONTOLOGIA EM UMA UNIDADE DE SAÚDE

Autores

  • Cintia Bandinelli da Silva GHC
  • Camila Guedes Henn GHC
  • Caroline Maria Bonacina GHC
  • Caren Serra Bavaresco Grupo Hospitalar Conceição

Palavras-chave:

Transtornos da Articulação Temporomandibular, Ansiedade, Atenção Primária à Saúde, Depressão

Resumo

As Disfunções Temporomandibulares (DTM) são distúrbios da Articulação Temporomandibular (ATM) comuns em crianças e adolescentes, tendendo a aumentar sua prevalência na fase adulta. Uma vez que poucos estudos discutem a prevalência de DTM em serviços de Atenção Primária (APS), o objetivo do presente estudo foi verificar a freqüência das DTMs e sua relação com a ansiedade e depressão em usuários que procuraram o setor de odontologia de uma unidade de APS. A amostra foi composta por 257 pacientes adultos (maiores de 18 anos) atendidos de forma consecutiva na unidade. Para avaliação do grau de DTM entre os pacientes do estudo, foi utilizado um questionário proposto por Maciel (2002), constituído de 10 perguntas objetivas que apontam a presença de DTM. Para avaliação da ansiedade foi usada a Escala Hospitalar de Ansiedade e Depressão (HADS) validada por Marcolino (2007). Essa escala possui 14 itens fechados, dos quais 7 são voltados para ansiedade (HADS-A) e 7 para depressão (HADS-D). A freqüência de DTM encontrada foi de 86,7% sendo que as DTMs moderadas e severas estavam presentes na maioria dos sujeitos (55,7%), enquanto os não portadores e portadores leves de DTM representaram 45,3% da amostra. Observou-se também uma correlação significante entre DTM e ansiedade e depressão (p

Biografia do Autor

Cintia Bandinelli da Silva, GHC

Cirurgiã-Dentista. Especialista em Saúde da Família e Comunidade - Grupo Hospitalar Conceição.

Camila Guedes Henn, GHC

Psicóloga do Serviço de Saúde Comunitária – GHCMestre e Doutora em Psicologia (UFRGS)

Caroline Maria Bonacina, GHC

Cirurgiã-Dentista. Residente de Odontologia pelo Programa de Residência Integrada em Saúde com Ênfase em Saúde da Família e Comunidade do Grupo Hospitalar Conceição.

Caren Serra Bavaresco, Grupo Hospitalar Conceição

Cirurgião Dentista - SSC/GHC
Preceptora RIS/GHC
Consultora Odontologia - Projeto Telessaúde RS
Doutoranda Clínica Odontológica - Cariologia/UFRGS
Mestre e Doutora Bioquímica/UFRGS

Downloads

Publicado

2015-11-18

Edição

Seção

Artigos Originais