Levantamento preliminar da herpetofauna da Serra do Relógio, Minas Gerais, sudeste do Brasil

  • Samuel Campos Gomides Universidade Federal de Fora
  • Bernadete Maria de Sousa Universidade Federal de Juiz de Fora

Resumo

Por representar um importante remanescente de Mata Atlântica na Zona da Mata mineira, a Serra do Relógio é considerada de alta importância biológica para conservação da herpetofauna de Minas Gerais. Portanto, o presente estudo visa apresentar a primeira lista de espécies de anfíbios e répteis da área estudada, e ampliar o conhecimento sobre a herpetofauna de Minas Gerais, contribuindo para o planejamento e o desenvolvimento futuro de projetos de conservação da biodiversidade do Estado. As espécies foram registradas através de busca ativa e também através de dados secundários obtidos na área. A lista inclui 17 espécies de anfíbios de oito famílias e 16 espécies de répteis de dez famílias. Entre essas espécies, destaca-se a presença de algumas que são tipicamente de áreas florestais bem preservadas, como o cágado Hydromedusa maximiliani que é considerado ameaçado de extinção e Physalaemus feioi que é uma espécie recém-descrita pela ciência. Estes fatos indicam que a área possui potencial para a conservação da herpetofauna regional.

Publicado
2014-01-20