Acesso à memória semântica e episódica: estratégias preferenciais de iletrados e semiletrados

  • Leonor Scliar-Cabral Universidade Federal de Santa Catarina
  • Rosemeire Selma Monteiro-Plantin Universidade Federal do Ceará

Resumo

O objeto do texto é contribuir para o debate, na pesquisa psicolinguística, sobre como está estruturado o conhecimento na memória semântica e episódica (também rotulada como de eventos (Lucariello e Nelson, 1985), ou temática) e sobre quais fatores determinam as estratégias preferenciais de acesso a uma ou a outra dessas memórias.

Publicado
2020-09-11