Compreendendo a modelagem computacional de aquisição da linguagem

  • Pablo Faria UNICAMP

Resumo

É comum ouvir de aquisicionistas que modelos computacionais lhes são estranhos e relativamente inacessíveis. Porém, um frutífero intercâmbio de ideias e percepções mútuas é importante para o avanço de teorias de aquisição. Usando como exemplo o problema da aprendizagem distribucional de categorias sintáticas, apresentamos aqui um exemplo de processo que vai desde a descrição de um problema de aquisição, passando pela sua “tradução” para um problema de modelagem e chegando ao modelo propriamente dito. Neste percurso, tomamos consciência de como a modelagem impõe que o pesquisador explicite assunções, simplificações e decisões arbitrárias. Compreender o processo que conduz aos modelos computacionais nos tornará mais capazes, enquanto comunidade, de os avaliar criticamente e, mais que simplesmente apontar limitações, apontar também caminhos para seu aprimoramento ou para a plena exploração de seu potencial, através da elaboração de novos experimentos que respondam a novas perguntas.

Publicado
2020-09-11