Tipos de discurso e recursos linguísticos: análise comparativa em cartas de leitores em Português e Espanhol

  • Clemilton Pinheiro
  • Luana Vital dos Santos Silva

Resumo

O presente trabalho toma como objeto de estudo os tipos de discurso, umas das noções centrais do
Interacionismo Sociodiscursivo (ISD). Partimos da hipótese formulada por Miranda (2008) segundo a qual, de
acordo com os gêneros, os tipos de discurso apresentam especificidades no plano da configuração do tipo
linguístico, que, por sua vez, podem variar nas diferentes línguas naturais. Nosso objetivo é, portanto, detectar o
tipo de discurso que predomina no gênero carta do leitor e depreender os recursos linguísticos que se associam ao
tipo de discurso ou tipos de discurso predominantes, comparativamente em relação ao Português e ao Espanhol.
Para atingir esse objetivo, analisamos um corpus composto por 30 cartas, 15 extraídas do El periódico de
Catalunya, em língua espanhola, e 15 da Folha de São Paulo, em língua portuguesa. Os resultados apontam para o
fato de que os tipos de discurso apresentam especificidades em cada língua, e de que os recursos linguísticos
parecem ser determinados mais pelo sistema da língua do que pelos tipos de discurso e pelo gênero de texto.

Publicado
2019-09-16
Seção
Seção2–ISD e noção de gênero: modelos didáticos,análise de gêneros e relações