A produção de livros didáticos em braille

o agir dos transcritores

  • Dennis Souza da Costa
  • Rosycléa Dantas

Resumo

O objetivo deste estudo é investigar o trabalho do transcritor de texto em braille, com base nos pressupostos teóricos da Semântica do Agir (BRONCKART; MACHADO, 2004). O corpus é constituído por entrevistas individuais realizadas com duas transcritoras, atuantes em um Centro Público de Produção de Material Didático Braille, localizado no Estado da Paraíba, Brasil. A partir da análise qualitativa dos dados, percebemos que as transcritoras representam sua prática explicitando, de maneira mais recorrente, os determinantes externos para o agir. Há, portanto, uma ênfase no coletivo do trabalho do transcritor, o qual se traduz ao mesmo tempo como fonte de desenvolvimento e de impedimento para a ação das nossas colaboradoras.

Publicado
2019-09-13
Seção
Seção 4 – ISD e ensino: documentos norteadores, recursos e propostas didáticas