10) Cultura escrita e grafocentrismo: um estudo sobre apropriação e usos sociais da escrita por funcionários prestadores de serviços básicos em espaços educacionais universitários

  • Mary Elizabeth Cerutti- Rizzatti (UFSC)
  • Eloara Tomazoni (UFSC)
  • Rosângela Pedralli (UFSC)

Resumo

Inglês: Written culture and graphocentrism: a study about appropriation and the social uses of writing by staff outsourcing basic employees in educational college environments
This study aimed to deduce and analyze the levels of alphabetization and conceptions about the uses of written of eight professionals of the company that works for the Federal University of Santa Catarina (UFSC). The bases that guided the study are: Street (1984, 1988, 2000, 2003); Hamilton (2000); Barton (1994) and Barton, Hamilton e Ivanic (2000). The study was operationalized through interviews and reading instrument based on studies of Inaf (2009). The results show insularities in these spaces, suggesting the coexistence of different communities of practice and raising fruitful discussions on empowerment and citizenship at the university sphere.
Keywords:
alphabetization; literacy; written culture.

Tradução:
Este estudo objetivou depreender e analisar os níveis de alfabetismo e concepções sobre os usos da escrita de oito profissionais vinculados à empresa terceirizada que atua na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). As bases qu e orientaram o estudo são: Street (1984, 1988, 2000, 2003); Hamilton (2000); Barton (1994) e Barton, Hamilton e Ivanic (2000). O estudo foi operacionalizado por meio de entrevistas e aplicação de instrumento de leitura baseado nos estudos do Inaf (2009). Os resultados mostram insularidades dentro desses espaços, sugerindo a coexistência de comunidades de prática distintas e suscitando discussões fecundas sobre empoderamento e cidadania na esfera universitária.
Palavras-chave: alfabetismo; letramento; cultura escrita.
Publicado
2016-06-27
Edição
Seção
Artigos