9) Algumas considerações sobre o bilinguismo infantil

  • Isabella Mozzillo (UFPel)

Resumo

Inglês: Some considerations about child bilingualism
This work aims to discuss myths which circulate not only among laity but among professionals, about the bilingual language acquisition. Although unsupported,these common misconceptions interfere with the behavior of parents and teachers who, despite wishing to maintain and develop the heritage language, do not know how to do it and fear they will confuse the children. Through statements collected in different areas, we will show that as much as most of the world's population is not monolingual and most have acquired their languages in infancy, according to the studies in the context of the Languages in Contact, the topic still raises doubts of varied kind in the community.
Key-words:
child bilingualism; early bilingualism; balanced bilingualism; code- switching.


Tradução:
Este trabalho objetiva discutir mitos que circulam não apenas entre leigos, mas entre profissionais, sobre a aquisição bilíngue da linguagem. Embora não se sustentem, tais ideias prontas interferem no comportamento de pais e professores que, mesmo desejando manter e desenvolver a língua de herança, desconhecem a forma de fazê-lo temendo prejudicar as crianças. Através de asserções coletadas em diversos âmbitos, mostraremos que por mais que a maioria da população mundial não seja monolíngue e que grande parte tenha adquirido suas línguas na infância, conforme os estudos no âmbito das Línguas em Contato, a temática ainda suscita dúvidas de variado tipo na comunidade.
Palavras-chave:
bilinguismo infantil; equilinguismo; bilinguismo precoce; bilinguismo equilibrado; code-switching

Publicado
2016-06-14
Edição
Seção
Artigo: Repercussões contemporâneas