Religiões antigas: a vida e os ensinamentos dos essênios.

A vida e os ensinamentos dos essênios.

Autores

  • Nilmar de Sousa Carvalho UFJF

DOI:

https://doi.org/10.34019/2237-6151.2022.v19.39084

Palavras-chave:

Judaísmo antigo. Manuscritos do Mar Morto. Essenismo. Religião antiga.

Resumo

Este artigo tem como objetivo apresentar a origem, onde viveram e quais os ensinamentos da comunidade religiosa dos essênios, a partir de uma análise histórica, social e religiosa de fontes antigas que foram escritas por historiadores do primeiro século da era comum; das novidades presentes nos manuscritos do Mar Morto; das interpretações contidas nos textos publicados ao longo dos séculos, sobretudo, pelos pesquisadores contemporâneos Gabriele Boccaccini e García Martínez. Para isso, serão analisados os textos de Flávio Josefo, Fílon de Alexandria e Plínio acerca de suas abordagens sobre os essênios, quais as principais hipóteses sobre a sua origem, o lugar onde foram encontrados vestígios arqueológicos, quais as principais comunidades, as suas regras de convivência, a maneira como lidavam com os bens materiais e a concepção que tinham do casamento e do celibato.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ARAÚJO JÚNIOR, João Alves de. Em busca de santidade: os manuscritos do Mar Morto e o modo de vida religiosa dos essênios e dos terapeutas / João Alves de Araújo Júnior. João Pessoa, 2012. Disponível em: file:///C:/Users/nilma/Downloads/arquivo%20total.pdf. Acesso em 10 de ag. de 2022.

ARENS, Eduardo. A Bíblia sem mitos: uma introdução crítica. São Paulo: Paulus,

BOCCACCINI, Gabriele. Além da hipótese assênia: separação dos caminhos entre Qumran e o judaísmo enóquico. São Paulo: Paulus, 2010.

CROATTO, Jose Severino. Apocalíptica e esperança dos oprimidos (contexto

sócio-político e cultural do gênero apocalíptico). In: RIBLA 7. Petrópolis: Vozes,

DANA, H. E. O Mundo do Novo Testamento: Um estudo do ambiente histórico e cultural do Novo Testamento. Rio de Janeiro: JUERP, 1977.

GARCÍA MARTÍNEZ, Florentino. Os homens de Qumran: literatura, estrutura e

concepções religiosas. Petrópolis: Vozes, 1996.

GINSBURG, D. Christian. Os essênios - sua história e doutrinas. São Paulo: Editora Pensamento, 1995.

MACHADO, Jonas Perspectivas da hipótese Qumran-essênios: a propósito de um livro de Gabriele Boccaccini. Estudos de Religião, v. 26, n. 42, jan./jun. 2012 p. 238-261.

ORRÚ, F. Geruásio, Os manuscritos de Qumran e o Novo Testamento. São Paulo: Vida Nova. 1992.

PERONI, Ildo. Os Manuscritos de Qumran ou do Mar Morto. Rev. Pistis Prax., Teol. Pastor, Curitiba, v. 3, n. 1. jan./jun. 2011. p. 205-219

SZEKELY, Edmond Bordeaux. Os ensinamentos dos essênios de Enoque aos manuscritos do Mar Morto. São Paulo: Editora pensamentos-cultrix, 2004.

SHANKS, Hershel. Para compreender os manuscritos do Mar Morto. Rio de Janeiro: Imago, 1993.

STELLA, J. B. As descobertas dos papiros do Mar Morto. São Paulo: Livraria Independente Editora, 1960.

WILSON, Edmund. Os manuscritos do Mar Morto. São Paulo: Companhia das Letras, 1993.

Downloads

Publicado

2023-01-10

Como Citar

DE SOUSA CARVALHO, N. Religiões antigas: a vida e os ensinamentos dos essênios.: A vida e os ensinamentos dos essênios. Sacrilegens , [S. l.], v. 19, n. 2, 2023. DOI: 10.34019/2237-6151.2022.v19.39084. Disponível em: https://periodicos.ufjf.br/index.php/sacrilegens/article/view/39084. Acesso em: 27 jan. 2023.

Edição

Seção

Dossiê: Espiritualidades do Mediterrâneo e da Europa no mundo antigo