Crenças de Profissionais da Saúde sobre Violência Doméstica contra Crianças e Adolescentes

  • Carla Ferreira de Paula Gebara
  • Lélio Moura Lourenço
Palavras-chave: violência doméstica, crenças, crianças e adolescentes, profissionais da saúde, álcool e drogas

Resumo

A presente pesquisa teve como objetivo delinear o perfil dos profissionais de saúde do município de Lima Duarte, bem como analisar suas crenças a respeito da violência doméstica, relacionada ou não ao uso de álcool e drogas ilícitas. Utilizou-se um questionário semiestruturado, individual e sigiloso, respondido por 41 profissionais. Os dados foram submetidos à técnica de análise de conteúdo e indicaram uma forte tendência dos entrevistados a considerar tanto o álcool quanto as drogas como geradores de violência doméstica contra crianças e adolescentes, assim como a questão socioeconômica. Além disso, os resultados deste estudo deixam clara a necessidade de se pensar em intervenções eficazes no plano institucional visto que, no espaço pesquisado, não se desenvolvem um projeto específico de prevenção e combate à violência intrafamiliar, nem uma política voltada à capacitação dos profissionais de saúde para lidar com esta problemática.
Publicado
2017-12-07
Seção
Artigos