Sintomas de Depressão Infantil e Ambiente Familiar

  • Miriam Cruvinel
  • Evely Boruchovitch
Palavras-chave: depressão infantil, variáveis familiares, ensino fundamental

Resumo

O presente trabalho investiga variáveis do ambiente familiar, como supervisão, envolvimento e suporte dos pais em crianças com e sem sintomas de depressão. Participaram do estudo 6 mães de alunos de 3ª e 4ª séries do ensino fundamental: 3 eram mães de crianças com sintomatologia depressiva, e as outras 3, de crianças sem sintomas. Os dados foram coletados por meio da versão brasileira do Inventário de Depressão Infantil – CDI e do Inventário de Recursos do ambiente familiar - RAF. Os resultados apontaram diferenças entre os dois grupos no que concerne à “Supervisão dos Pais” em relação às atividades da criança fora da escola, às tarefas escolares e às atividades com horário definido. O ambiente familiar das crianças com sintomatologia depressiva caracterizou-se por mais dificuldades relacionadas à supervisão parental. Como as relações familiares saudáveis e seguras contribuem para o ajustamento emocional da criança, acredita-se na necessidade de se desenvolverem programas preventivos direcionados especialmente aos pais.
Publicado
2019-11-25
Seção
Artigos