O Experimento na Psicologia Social: Sobre a Pesquisa Experimental em um Meio Relativista

  • Marcos Emanoel Pereira
Palavras-chave: Experimento, psicologia social, relativismo, realismo crítico

Resumo

A pesquisa experimental não é adotada pelos psicólogos brasileiros na mesma proporção em que é utilizada nas pesquisas
conduzidas em outros contextos geográficos. Com base nesta premissa, procura-se identificar as razões e as justificativas deste
relativo desinteresse pela metodologia experimental em determinados contextos. Discutem-se as diferenças entre a pesquisa
experimental e a não experimental, levando-se em consideração os compromissos adotados pelos pesquisadores que acolhem
a estas diferentes modalidades de investigação. Posteriormente são apresentados os principais argumentos relativistas contra a
adoção da pesquisa experimental e as respostas apresentadas pelos experimentalistas. Conclui-se que é injustificado defender
a tese de que a psicologia pode prescindir de um método adotado com sucesso em várias outras disciplinas científicas.

Publicado
2017-10-23
Seção
Artigos