Estilos de Apego como Possíveis Preditores de Estados Motivacionais em Atividades Esportivas de Rendimento: Uma Exploração Teórica

  • Marcílio Ângelo Silva
Palavras-chave: Estados motivacionais, teoria do apego, psicologia esportiva

Resumo

O artigo tem um caráter crítico-teórico exploratório sobre o domínio da psicologia esportiva, no que diz respeito a uma possível nova abordagem de
predição de estados emocionais a partir da perspectiva da teoria do apego. Primeiramente, oferece uma revisão sobre a teoria do apego, desde o esboço
inicial do precursor da área, o inglês John Bowlby, até as pesquisas mais recentes realizadas em diversos países e sob óticas diferentes. Versa também
brevemente sobre aspectos da psicologia, no que concerne à motivação e outros elementos que a influenciam, tais como a emoção e a personalidade.
Tece considerações finais apontando um possível caminho promissor para predição de estados motivacionais de atletas de rendimento muito antes da
participação dos mesmos em competições, como, por exemplo, a motivação para o êxito ou fracasso. Finalmente apresenta a identificação dos estilos
de apego de atletas como forma de predizer as tendências de seus comportamentos nos períodos pré, durante e pós-competição.
Publicado
2017-10-10
Seção
Artigos