O Lugar da Metapsicologia na Psicanálise

  • Eduardo Rotstein
Palavras-chave: Psicanálise, metapsicologia, inconsciente, especulação

Resumo

A aparente contradição contida no discurso freudiano, que, por um lado, afi rma a procedência exclusivamente empírica da Psicanálise
e, por outro, reconhece a presença de especulação em seu interior, enseja a questão central do presente artigo: que importância tem
a Metapsicologia – a teoria especulativa de Freud - para o empreendimento psicanalítico? A afi rmação da proveniência empírica
da Psicanálise perde sua força, principalmente, sob a consideração da infl uência que o pensamento hegemônico à época de Freud
exerceu sobre seu discurso epistemológico. Em contrapartida, os desenvolvimentos sobre a Metapsicologia e sobre suas relações com
a Metafísica reforçam a hipótese de que a Metapsicologia é indispensável ao exercício da Psicanálise. Tudo indica, com efeito, que a
teoria metapsicológica repousa sobre a suposição - inverifi cável empiricamente - da existência do inconsciente, justamente o objeto
ao qual se voltam a investigação e a prática analítica. O caráter especulativo do inconsciente não exclui, contudo, a vinculação
da Psicanálise à experiência, pois a suposição desse objeto é o principio que orienta o exercício da clínica analítica e propicia as
manifestações verifi cadas em seu curso.
Publicado
2017-10-05
Seção
Artigos