Avaliação da Memória de Pacientes com Lesão em Núcleos da Base e Tálamo Pós-AVC

  • Josiane Pawlowski
  • Hugo Leonardo Rocha Silva Rosa
  • Júlia Matos Fonseca
  • Rebeca Bartolote Silva
  • Erika Gonçalves Ambrósio
  • Guilherme Mello Bessa Souza
Palavras-chave: Gânglios da base, tálamo, memória, codificação, acidente vascular cerebral

Resumo

Estudos demonstram a importância dos núcleos da base e do tálamo em memória, atenção, seleção e monitoramento de informações. Nesta pesquisa
analisamos quatro casos com lesão subcortical unilateral de hemisfério esquerdo pós-AVC. As participantes foram avaliadas com o Questionário de
Aspectos de Saúde e Socioculturais e o Instrumento de Avaliação Neuropsicológica Breve NEUPSILIN. Objetivou-se verificar e discutir discrepâncias
no desempenho em diferentes tarefas de memória de pacientes com lesões subcorticais. Todas as pacientes apresentaram prejuízo na tarefa de
evocação imediata e nenhuma na de evocação tardia. Os resultados parecem estar relacionados à menor capacidade para criar estratégias, organizar as
informações e reter novos estímulos. Ressalta-se o envolvimento dessas estruturas em circuitos que, em conjunto com regiões corticais, fazem parte
do processamento da memória operacional e das funções executivas. Estudos futuros devem incluir amostras mais amplas e controlar a influência das
variáveis sociodemográficas.
Publicado
2017-09-27
Seção
Artigos