Desempenho Neuropsicológico de Adolescentes com Transtorno de Humor Bipolar

  • Roberta Paula Schell Coelho
  • Luis Eduardo Wearick-Silva
  • Saulo Gantes Tractenberg
  • Cristian Zeni
  • Silzá Tramontina
  • Rodrigo Grassi-Oliveira
Palavras-chave: Neuropsicologia, adolescentes, transtorno bipolar, função executiva, memória

Resumo

Recentes achados no campo da neuropsicologia apontam para possíveis prejuízos neurocognitivos associados ao Transtorno Bipolar (TB) em crianças e
adolescentes. O presente estudo buscou avaliar o funcionamento cognitivo de adolescentes com TB. Participaram dele 23 adolescentes diagnosticados
com TB e 20 adolescentes controles. Utilizou-se uma bateria neuropsicológica e clínica para avaliar as múltiplas funções. Os grupos apresentaram
desempenho similar nas tarefas neurocognitivas, entretanto, evidenciou-se prejuízos relacionados à memória de trabalho visuo-espacial, planejamento
e tomada de decisão. A identificação precoce de prejuízos neurocognitivos pode ser um fator determinante para minimizar o impacto de tais prejuízos
no funcionamento global de crianças e adolescentes. Além disso, possibilita maior eficácia das estratégias de intervenção e prevenção de recaídas
nestes indivíduos.
Publicado
2017-09-27
Seção
Artigos