Estudo de Sintomas Depressivos em Crianças sob situação de Acolhimento Institucional

  • Lorena de Melo Mendonça Oliveira Hidrolândia-GO
  • Ana Cristina Resende Programa de Pós Graduação Stricto Sensu em Psicologia – Pontifícia Universidade Católica de Goiás – Goiânia

Resumo

O objetivo deste estudo foi investigar sintomas depressivos e comportamentais em crianças em situação de acolhimento institucional, por meio do CDI e do CBCL. Participaram deste estudo 50 crianças, de ambos os sexos, de sete a onze anos divididas em dois grupos: 23 crianças institucionalizadas (GI) e 27 crianças, semelhantes em termo de idade e escolaridade ao G1, que residiam com suas famílias (GF). Os resultados apontam que as crianças do GI apresentaram no CBCL média de pontuação significativamente maior na escala de problemas externalizantes (M=88,78; DP=19,71) e no CDI, média de pontuação significativamente maior de sintomas depressivos (M = 12,61; DP = 6,28). De forma geral, foi detectada associação entre sintomas depressivos e comportamentos externalizantes (r = 0,43; p<0,05).

Publicado
2016-12-21
Seção
Artigos