Sociologias das imagens em perspectivas: miradas epistêmicas em experiências sul-americanas

Autores

DOI:

https://doi.org/10.34019/1981-4070.2023.v17.39138

Palavras-chave:

Sociologia, Imagem, Fotografia, Silvia Rivera-Cusicanqui, José de Souza Martins

Resumo

Ao tomar visualidades como expressões de conhecimentos sociais, a boliviana Silvia Rivera-Cusicanqui e o brasileiro José de Souza Martins publicaram, respectivamente, as obras Sociología de la imagen: miradas ch'ixi desde la historia andina (2015) e Sociologia da Fotografia e da Imagem (2016) a fim de demarcarem fundamentações para reembasar as relações entre as sociologias praticadas com imagens. Fruto de reflexões acadêmicas críticas à episteme moderna e a partir de experiências docentes em instituições radicadas na América do Sul, as publicações convocam deslocamentos do uso objetual da fotografia realizado pelas ciências sociais e humanas enquanto um ‘documento do real’ para percebê-la enquanto uma elaboração entremeada por agências dos envolvidos nos atos de inscrição e de leitura. Com este artigo, retoma-se as proposições apresentadas nestas obras para, com elas, discutir os tensionamentos constituintes das inscrições visuais e constituídos na leitura das imagens que atravessam incursões de pesquisa praticadas com fotografias; bem como, a partir das instabilidades configuradoras das imagens, devir outras angulações que reconheçam o jogo simbólico e performático cadente nas dinâmicas sociológicas ao com elas se relacionar e a partir delas radicar saberes.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Daniel Macêdo, Universidade Federal de Minas Gerais

Doutorando em Comunicação Social na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Integrante do Núcleo de Estudos Tramas Comunicacionais: Narrativa e Experiência.

Referências

BARTHES, R. A câmera clara: nota sobre fotografia. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1984.

JÁCOME, P; KABALIN, J; LEAL, B. Olhares intrusos: reflexões e miradas sobre um mundo ch’ixi. Matrizes, v. 15, n. 1, p. 299-314, 2021. DOI: <https://doi.org/10.11606/issn.1982-8160.v15i1p299-314>.

LEFBVRE, H. Une penseé devenue munde. Paris: Fayard, 1980.

MALINOWSKI, B. The Natives of Mailu: Preliminary Results of the Robert Mond Research Work in British New Guinea. Transactions and Proceedings of the Royal Society of South Australia, v. 29, p. 494-706, 1915.

MARTINS, J. Sociologia da fotografia e da imagem. São Paulo: Contexto, 2016.

MARTINS, J. A sociologia como aventura: memórias. São Paulo: Contexto, 2013.

MARTINS, J. Henri Lefebvre e o retorno à dialética. São Paulo: Hucitec, 1996.

MEAD, M. Visual Anthropology in a discipline of words. In: HOCKINGS, P. (Ed.). Principles of Visual Anthropology. Berlim; Nova Iorque: Mouton de Gruyter, 1975, p. 3-10.

RIVERA-CUSICANQUI, S. Ch’ixinakah utxiwa: una reflexión sobre prácticas y discursos descolonizadores. Buenos Aires: Tinta Limón, 2010.

RIVERA-CUSICANQUI, S. Sociología de la imagen: miradas ch'ixi desde la historia andina. Buenos Aires: Tinta Limón, 2015.

RIVERA-CUSICANQUI, S. Un mundo ch’ixi es posible: ensayos desde un presente en crisis. Buenos Aires: Tinta Limón, 2018.

SONTAG, S. Sobre fotografía. São Paulo: Companhia das Letras, 2012.

TAYLOR, D. O arquivo e o repertório: performance e memória cultural nas Américas. Belo Horizonte: EdUFMG, 2013.

Downloads

Publicado

2023-12-30

Como Citar

MACÊDO, D. Sociologias das imagens em perspectivas: miradas epistêmicas em experiências sul-americanas. Lumina, [S. l.], v. 17, n. 3, p. 38–54, 2023. DOI: 10.34019/1981-4070.2023.v17.39138. Disponível em: https://periodicos.ufjf.br/index.php/lumina/article/view/39138. Acesso em: 23 fev. 2024.

Edição

Seção

Artigos