Performatividade algorítmica e experiências fotográficas: uma perspectiva não-antropocêntrica sobre as práticas comunicacionais nos ambientes digitais

Palavras-chave: performatividade algorítmica, fotografia, comunicação não-antropocêntrica

Resumo

Este texto possui o objetivo de descrever experiências fotográficas digitais que envolvem ações algorítmicas nos âmbitos da produção, organização e leitura de imagens, tensionando-as através de uma perspectiva não-antropocêntrica. Produzimos, inicialmente, uma análise descritiva do dispositivo Google Clips, da plataforma Apple Photos e da ferramenta Automatic Alternative Text do Facebook. Em seguida, tendo como ponto de partida estas descrições, apresentamos uma discussão sobre a construção material-discursiva da fotografia através da ação algorítmica e sensibilidade performativa. Apontamos para dois argumentos principais: as experiências fotográficas apresentadas constróem sua especificidade material-discursiva a partir de uma conectividade gerada pela performatividade algorítmica; para percebê-la, há, portanto, a necessidade de uma compreensão ampliada da comunicação, na qual artefatos participam ativamente dos processos comunicacionais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

André Lemos, Universidade Federal da Bahia
Professor titular da Facom/UFBA, Pesquisador 1A do CNPq e diretor do Laboratório de Pesquisa em Mídia Digital, Redes e Espaço (Lab404), do Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Cultura Contemporâneas (Póscom/UFBA)
Leonardo Pastor, Universidade Federal da Bahia
Doutorando do Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Cultura Contemporâneas da FACOM/UFBA, bolsista CAPES e pesquisador do Laboratório de Pesquisa em Mídia Digital, Redes e Espaço (Lab404)

Referências

BARAD, Karen. Meeting the universe halfway: quantum physics and the entanglement of matter and meaning. Durham & London: Duke University Press, 2007.
CALLON, Michel. Sociologie de l’acteur réseau. In: AKRICH, Madeleine; CALLON, Michel; LATOUR, Bruno (Orgs.). . Sociologie de La Traduction: Textes fondauters. Paris: Mines Paris Les Presses, 2006. p. 267–276.
DELANDA, Manuel. A new philosophy of society. London, New York: Continuum, 2006.
DIDI-HUBERMAN, Georges. O que vemos, o que nos olha. São Paulo: Editora 34, 1998.
DOURISH, Paul. Algorithms and their others: Algorithmic culture in context. Big Data & Society v. 3, n. 2, 24 dez. 2016. Disponível em: . Acesso em: 26 jun. 2018.
DOURISH, Paul. The stuff of bits: An essay on the materialities of information. Cambridge: MIT Press, 2017.
FLICKR BLOG. Smartphones Dominate Flickr Uploads in 2016. Disponível em: . Acesso em: 01 out. 2018.
GIANNOULAKIS, Stamatios; TSAPATSOULIS, Nicolas. Evaluating the descriptive power of Instagram hashtags. Journal of Innovation in Digital Ecosystems v. 3, n. 2, p. 114–129 , 2016. Disponível em: .
GILLESPIE, Tarleton. The relevance of algorithms. In: GILLESPIE, Tarleton; BOCZKOWSKI, Pablo (Orgs.). . Media technologies: Essays on communication, materiality, and society. Cambridge: MIT Press, 2014.
GUNTHERT, André. L’image conversationnelle: les nouveaux usages de la photographie numérique. Études photographiques v. 31 , 2014.
GRUSIN, Richard. Radical Mediation. In Critical Inquiry, vol. 42, no. 1 (Autumn 2015), pp. 124-148. Stable URL: http://www.jstor.org/stable/10.1086/682998.
HARAWAY, Donna. Saberes localizados: a questão da ciência para o feminismo e o privilégio da perspectiva parcial. Cadernos pagu, n. 5, p. 7-41, 1995.
HARMAN, Graham. Guerrilla metaphysics: phenomenology and the carpentry of things. Chicago, La Salle: Open Court, 2005.
HARMAN, Graham. Immaterialism: objects and social theory. Cambridge, Malden: Polity Press, 2016.
HARMAN, Graham. The Quadruple Objet. Winchester, Washington: Zero Books, 2011.
INSTAGRAM BLOG. 700 Million. Disponível em: . Acesso em: 01 out. 2018.
INTRONA, Lucas D. Algorithms, Governance, and Governmentality. Science, Technology, & Human Values v. 41, n. 1, p. 17–49 , 3 jan. 2016. Disponível em: . Acesso em: 11 jul. 2018.
KEMBER, Sarah. Face recognition and the emergence of smart photography. Journal of Visual Culture v. 13, n. 2, p. 182–199 , 2014.
KITCHIN, Rob. Thinking critically about and researching algorithms. Information Communication and Society v. 20, n. 1, p. 14–29 , 2017.
KOHN, Eduardo. How Forests Think: Toward an Anthropology beyond the Human. Berkeley, Los Angeles, London: University of California Press, 2013.
LATOUR, Bruno. Enquête sur les modes d’existence: une anthropologie des Modernes. Paris: Éditions La Découverte, 2012. .
LATOUR, Bruno. Nous n’avons jamais été modernes. Paris: La Découverte, 1997.
LATOUR, Bruno. On selves , forms , and forces. HAU: Journal of Ethnographic Theory v. 4, n. 2, p. 261–266 , 2014.
LATOUR, Bruno. On technical mediation: Philosophy, Sociology, Genealogy. Common knowledge v. 3, n. 2, p. 29–64 , 1994. Disponível em: . Acesso em: 11 jul. 2018.
LATOUR, Bruno. Reassembling the Social. New York: Oxford University Press, 2005.
LATOUR, Bruno. Where are the missing masses? The sociology of a few mundane artifacts. Shaping Technology/Building Society: Studies in Sociotechnical Change, p. 225–258 , 1992. Disponível em: .
LEMOS, A. Sensibilités Performatives. Les nouvelles sensibilités des objets dans les métropoles contemporaines. Revue Sociétés. Formes In: Bruxelles: urbaines, n. 132, v. 2. pp. 71-84. Bruxelles: De Boeck, 2016.
LEMOS, André. Comunicação, Mediação e Modo de Existência na Cibercultura. In Alzamora, G; Coutinho, F.; Ziller, J. Dossiê Bruno Latour. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2018. No prelo.
LEMOS, André; BITENCOURT, Elias. Sensibilidade performativa e comunicação das coisas: Explorando as narrativas algorítmicas na Fitbit. 2017: Anais do XXVI Encontro Anual da Compós, 2017.
NORVAL, Aletta; PRASOPOULOU, Elpida. Public faces? A critical exploration of the diffusion of face recognition technologies in online social networks. New Media and Society v. 19, n. 4, p. 637–654 , 2017.
PASTOR, Leonardo; LEMOS, André. A Fotografia como Prática Conversacional de Dados: espacialização e sociabilidade digital no uso do Instagram em praças e parques na cidade de Salvador. Comunicação Mídia e Consumo v. 15, n. 42, p. 10–33 , 2018. Disponível em: .
TARDE, Gabriel. Les lois de l’imitation. Kindle ed. Paris: Collection Etudes, 1890.
TARDE, Gabriel. Monadologia e sociologia: e outros ensaios. São Paulo: Cosac Naify, 2007.
VIVEIROS DE CASTRO, Eduardo. Metafísicas canibais. São Paulo: Cosac Naify, 2015.
VOYKINSKA, Violeta et al. How blind people interact with visual content on social networking services. CSCW ’16 Proceedings of the 19th ACM Conference on Computer-Supported Cooperative Work & Social Computing p. 1584–1595 , 2016. Disponível em: .
Publicado
2018-12-30
Como Citar
Lemos, A., & Pastor, L. (2018). Performatividade algorítmica e experiências fotográficas: uma perspectiva não-antropocêntrica sobre as práticas comunicacionais nos ambientes digitais. Lumina, 12(3), 147-166. https://doi.org/10.34019/1981-4070.2018.v12.21562