O ciclo de vida de um meme: Delineamentos para o espalhamento a partir do ciberacontecimento em torno do caso da capivara-cachorro

Autores

  • Maria Clara Aquino Bittencourt Programa de Pós-Graduação em Ciências da Comunicação da Universidade do Vale do Rio dos Sinos
  • Christian Gonzatti Mestrando no Programa de Pós-Graduação em Ciências da Comunicação na Universidade do Vale do Rio dos Sinos/UNISINOS

DOI:

https://doi.org/10.34019/1981-4070.2017.v11.21366

Palavras-chave:

ciberacontecimento, meme, espalhamento, capivara-cachorro, redes sociais, sites

Resumo

O artigo analisa as dinâmicas das redes sociais como geradoras de cibersocialidades de ciberacontecimentos.A partir de uma publicação no site Facebook, que foi forjada por um ator social a fim de desenvolver compartilhamentos, buscamos destacar as diferenças entre viralização e espalhamento e os delineamentos que podem impulsionar a visibilidade em torno de determinado conteúdo. Desenvolvemos uma pesquisa exploratória para a aplicação da técnica de análise denominada como construção de sentidos em redes digitais, com os dados coletados. Por fim, pensamos no conceito de meme, proposto por Dawkins (1979), articulado aos conceitos explorados no artigo. Assim, constatamos que o caso da capivara-cachorro sinaliza transformações culturais na sociedade, decorrentes das dinâmicas das cibersocialidades em torno dos ciberacontecimentos. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria Clara Aquino Bittencourt, Programa de Pós-Graduação em Ciências da Comunicação da Universidade do Vale do Rio dos Sinos

Doutora em Comunicação, pesquisadora e professora no Programa de Pós-Graduação em Ciências da Comunicação da Universidade do Vale do Rio dos Sinos/UNISINOS

Christian Gonzatti, Mestrando no Programa de Pós-Graduação em Ciências da Comunicação na Universidade do Vale do Rio dos Sinos/UNISINOS

Publicitário, mestrando no Programa de Pós-Graduação em Ciências da Comunicação na Universidade do Vale do Rio dos Sinos/UNISINOS

Referências

DAWKINS, R. O gene egoísta. Belo Horizonte: Itatiaia, 1979.
HENN, R. O ciberacontecimento. In: VOGEL, D., MEDITSCH, E, e SILVA, G., Jornalismo e acontecimento: tramas conceituais. Florianópolis: Insular, 2013. P. 21-34.
______. El ciberacontecimiento: producción y semiosis. Barcelona: Editorial UOC, 2014.
JENKINS, H.Convergence Culture: Where Old and New Media Collide. NYU Pres,New York, 2006.
JENKINS, H.; FORD, S.; GREEN, J. 2013. Spreadable media: creating value and meaning in a networked culture. New York, New York University.
FRAGOSO, S; RECUERO, R.; AMARAL, A. Métodos de pesquisa para internet. Editora Sulina: Porto Alegre, 2011
LEMOS, André. Cibercultura: tecnologia e vida social na cultura contemporânea. 6ª ed. Porto Alegre: Sulina, 2013.
LOTMAN, Yuri. La semiosfera. Catedra: Madri, 1996.
OLIVEIRA, Nathalia Bettoni; MENDES, Conrado Moreira. XX Congresso de Ciências da Comunicação na Região Sudeste – Intercom, 2015, Uberlândia. Facebook e Comunicação Organizacional: uma Análise do Modelo de Comunicação da Prefeitura de Curitiba . Disponível em: <http://www.portalintercom.org.br/anais/sudeste2015/resumos/R48-0104-1.pdf>. Acesso em: 23 nov.2015.
QUÉRÉ, L. Entre facto e sentido: a dualidade do acontecimento. In Trajectos – Revista de Comunicação, Cultura e Educação. Lisboa, nº 6, 2005, p. 59-76.
RECUERO, R. A conversação em rede: comunicação mediada pelo computador e redes sociais na internet. Porto Alegre: Sulina, 2012.
______. Redes Sociais na Internet. 1. ed. Porto Alegre: Sulina, 2009.
SANTAELLA, L. Comunicação Ubíqua. Paulus: São Paulo, 2013.
SIMÕES, P. G. O poder de afetação das celebridades. In: FRANÇA, V. et al (Org.) Celebridades no Século XXI: transformações no estatuto da fama. Porto Alegre: Sulina, 2014.

Downloads

Publicado

2017-04-30

Como Citar

AQUINO BITTENCOURT, M. C.; GONZATTI, C. O ciclo de vida de um meme: Delineamentos para o espalhamento a partir do ciberacontecimento em torno do caso da capivara-cachorro. Lumina, [S. l.], v. 11, n. 1, 2017. DOI: 10.34019/1981-4070.2017.v11.21366. Disponível em: https://periodicos.ufjf.br/index.php/lumina/article/view/21366. Acesso em: 13 jul. 2024.

Edição

Seção

Dossiê: Entretenimento Digital: Meios e Processos do Lúdico na Cultura Contemporânea