v. 15 n. 1 (2009): Dossiê Mundos do Trabalho e Identidades
Dossiê

Para quando o calo aperta – os trabalhadores-policiais do Corpo Policial Permanente de São Paulo no final do Império

André Rosemberg
UFJF

Publicado 2020-08-27

Palavras-chave

  • Polícia. São Paulo. Trabalho.

Como Citar

André Rosemberg. 2020. “Para Quando O Calo Aperta – Os Trabalhadores-Policiais Do Corpo Policial Permanente De São Paulo No Final Do Império”. Locus: Revista De História 15 (1). https://doi.org/10.34019/2594-8296.2009.v15.31792.

Resumo

Neste artigo pretendo analisar o Corpo Policial Permanente de São Paulo no final do Império como uma alternativa de ocupação para uma importante parcela da população pobre, formada principalmente de homens, brasileiros e não-brancos. O período em questão marca a crise do regime escravista, o início da chegada maciça de imigrantes e a transferência das áreas de fronteira agrícola para o Oeste da província.