Compromisso ético

A Revista Locus está de acordo com as diretrizes éticas e boas práticas produzidas pelo Comittee on Publication Ethics (COPE).


Para garantir uma política editorial comprometida com critérios éticos de publicação, a revista busca incentivar a identificação de plágio, más práticas, fraudes e possíveis violações de ética.
Todas as partes envolvidas no processo de publicação (autores, editor, conselho editorial e consultivo, assistentes editoriais e avaliadores) se comprometem com o cumprimento destes padres de conduta ética.

- Referenciar de maneira explícita os dados adquiridos e/ou analisados e interpretados de outras publicações;
- Citar devida e obrigatoriamente qualquer conteúdo intelectual de outros autores em caso de sua revisão crítica;
- Indicar como autor apenas o(s) pesquisador(es) que participaram de forma ativa e substancial em todas as fases da pesquisa e da escrita do artigo;

Após a submissão, os Editores, realizarão os seguintes procedimentos:

- Solicitar, quando pertinente, explicações formais acerca da participação dos autores que subscrevem o texto na produção do artigo;
- Nenhuma das pessoas que participem da equipe da revista revelará informação sobre um manuscrito recebido a pessoas que não estejam envolvidas diretamente no processo editorial;
- Avaliação do manuscrito com o sistema antiplágio, momento em que será analisado o seu conteúdo textual, procurando identificar plágio, submissões duplicadas, textos já publicados e possíveis fraudes em pesquisa;
- Solicitar ao(s) autor(es) explicações formais acerca de eventuais dúvidas, problemas e/ou pontos obscuros surgidos dessa avaliação.

Com os resultados e as eventuais explicações recebidas, caberá aos Editores e Conselho Editorial, decidir se o manuscrito será enviado para a revisão por pares. Após o aceite e antes da publicação, os artigos poderão ser avaliados novamente.